Sobreviventes brasileiros de tragédia aérea na Colômbia seguem estáveis

aviao

Permanecem em situação estável os quatro brasileiros que sobreviveram ao acidente aéreo que matou 71 pessoas na Colômbia, informou neste sábado o hospital onde eles estão internados. A informação é da noite deste sábado (3).

“Discutimos a situação de cada um deles com nosso grupo de especialistas do Hospital San Vicente Fundación”, em Rionegro, na presença de uma delegação médica brasileira, disse o médico Ferney Rodríguez em entrevista coletiva.

O goleiro Jackson Follmann, que teve a perna direita amputada na última terça-feira, foi desentubado, conversa e está acompanhado da família.

“Está totalmente consciente, conversa longamente conosco, com a família, e sabe que teve a perna amputada”, contou o médico. “Ficamos gratamente surpresos com a atitude dele (…) Entende que perdeu a perna, mas não a vida. Está bastante otimista”, assinalou.

O lateral Alan Ruschel, que permanece sedado e foi desentubado ontem, “está em estado crítico, mas estável.

“Gostaria de contar a vocês que Alan está evoluindo bem, não mais dia a dia, e sim minuto a minuto (…) Estamos satisfeitos com a evolução dos quatro, que, graças a um verdadeiro milagre, conseguiram se salvar nessa tragédia”, disse seu pai, Flavio Ruschel, em entrevista coletiva.

O zagueiro Hélio Neto e o jornalista Rafael Henzel continuam sedados e em estado crítico.

Sobre Rafael, “continuamos dependentes de sua evolução pulmonar”, disse o especialista do hospital, onde, a pedido do governo brasileiro, estão internados os quatro sobreviventes do país.

“Cada vitória, cada conquista dos nossos parentes é um momento de euforia, de alegria”, contou seu primo, Roger Valmorbida.

Além dos quatro brasileiros, em Rionegro permanece internada Ximena Suárez, comissária de bordo boliviana do avião acidentado. Ela ficará reclusa por cerca de 10 dias, informou ontem o governo da Bolívia.

O outro sobrevivente, o tripulante boliviano Erwin Tumiri, recebeu alta ontem e seguiu em um voo comercial para La Paz, onde passará por novas avaliações médicas.

“Não me esquecerei de nenhum de vocês”, diz o técnico em um vídeo divulgado na véspera, sobre os socorristas que o resgataram. (Folha PE)

Sobre Edenevaldo Alves

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*