Por meio de nota, Ministério da Integração esclarece sobre pagamento de ex-funcionários da empresa Mendes Júnior em Salgueiro (PE)

Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (06), a assessoria de comunicação do Ministério da Integração Nacional emitiu uma nota onde esclarece sobre o pagamento dos ex-funcionários da empresa Mendes Júnior em Salgueiro e afirma que mesmo sem ter responsabilidade sobre a situação, realizou um depósito de R$ 11 milhões para quitação de parte dos débitos trabalhistas.

Confira o conteúdo da nota:  

“Sobre o pagamento de ex-trabalhadores da empresa Mendes Júnior que atuavam no Projeto de Integração do Rio São Francisco, o Ministério da Integração Nacional esclarece:

Os funcionários que atuavam na execução das obras do Projeto São Francisco foram contratados diretamente pela Mendes Júnior, que é a única e exclusiva responsável pelos pagamentos de salários e direitos de cada trabalhador.

Mesmo sem possuir vínculo com os funcionários, o Ministério da Integração Nacional realizou, por caráter social, um depósito judicial no valor de R$ 11 milhões em novembro de 2016. A iniciativa possibilitou que a Justiça do Trabalho da 6ª Região – Vara Única do Trabalho de Salgueiro – (PE) repassasse o montante aos ex-funcionários da construtora Mendes Júnior Trading S.A, para quitar parte dos débitos trabalhistas. 

O valor depositado é referente a pagamentos que seriam feitos à empresa por serviços prestados na obra do Projeto São Francisco. Para assegurar os benefícios e rescisões contratuais dos ex-trabalhadores, o Ministério da Integração Nacional efetuou o depósito em conta judicial.

Atualmente, a equipe técnica do ministério está analisando outros possíveis créditos referentes a serviços executados pela empresa para verificar a viabilidade de um novo depósito em conta judicial que beneficiará esses trabalhadores. É importante destacar que por se tratar de recursos da União, esse é um processo que demanda tempo e tramitação legal. “

Ministério da Integração Nacional 

 

Sobre Edenevaldo Alves

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Início