Skip to content

Seguro viagem: 7 motivos para contratar seguro viagem

Com o brasileiro viajando mais, o seguro viagem é um tipo de serviço que também vem sendo mais procurado atualmente. O viajante quer segurança, conforto e tranquilidade, principalmente quando vai fazer viagens internacionais.

O seguro viagem funciona como um plano de saúde no exterior ou em qualquer lugar em que você esteja viajando, seja no Brasil ou não. Basicamente o seguro viagem cobre despesas médicas, odontológicas, translado em caso de morte, mas isso pode se estender também a seguros contra extravio de bagagem, assistência jurídica, e muito mais. Ou seja, existem seguros viagem desde as coberturas mais básicas até as mais completas. Tudo depende do tipo de serviço que mais necessite e caiba no bolso no cliente.

Agora que você já sabe basicamente o que é um seguro viagem, vamos te mostrar alguns motivos para contratar este tipo de serviço e assim poder te ajudar a entender o quão necessário ele é.

Seguro Viagem: Assistência médica e hospitalar

Essa é principal cobertura que o seguro viagem oferece, a seguradora cobrirá despesas médicas, hospitalares totais caso você necessite de atendimento médico ou internações em hospitais.

Seguro Viagem: Assistência odontológica

Você terá direito a atendimento odontológico emergencial caso necessite e não gastará nada a mais por este tipo de serviço.

Seguro Viagem: Translado de corpo

Caso ocorra algum acidente e o segurado venha a óbito, o seguro cobre o transporte do corpo, que será encaminhado direto para o local de sepultamento ou outro indicado pelos familiares.

Seguro Viagem: Translado médico

Esse serviço cobre as despesas para quando o segurado sofre um acidente ou está enfermo e necessita de atendimentos ou transferências entre clínicas e hospitais. Sendo assim, é feito o translado para os lugares onde é necessário atendimento.

Seguro Viagem: Cobertura por invalidez parcial ou permanente

Em caso de acidente e o segurado fique invalido parcialmente ou totalmente, o mesmo tem direito a uma indenização total ou parcial por todos os membros do corpo comprometidos. Este tipo de cobertura deve ser especificado em contrato com todas as condições de possíveis indenizações e formas de pagamento.

Seguro Viagem: Morte em viagem

O seguro viagem pode oferecer cobertura no caso de morte, por causas naturais ou por acidente. As condições de possíveis indenizações devem estar descritas no contrato. Desta forma, a seguradora indenizará nas condições e os valores do contrato aos beneficiários do segurado em caso de morte.

Seguro Viagem: Cobertura para extravio de bagagem

O extravio de bagagem infelizmente é um problema comum em aeroportos em todo o mundo. Esse problema traz muito prejuízo e aborrecimentos para muitos viajantes. Com um seguro viagem você não precisa se preocupar com isso, pois o seguro cobre gastos decorrentes de atrasos da bagagem, extravio, perdas e qualquer dano!

Como contratar o seguro viagem?

Na internet mesmo é possível contratar um seguro viagem, fazer cotações, pesquisas, tudo de forma rápida!

Da sua casa você pode obter informações direto com atendentes que te ajudarão a sanar todas as suas dúvidas, além de especificar quais os tipos de seguros indicados para o seu perfil.

Pronto, agora é só contratar seu seguro viagem, fazer as malas e viajar seguro e tranquilo!

Tabela Fipe motos: Como consultar tabela FIPE para motos

Tabela Fipe motos

O mercado de automóveis tem cada vez mais movimentação, seja para compra ou venda. Com a grande produção de veículos e lançamentos cada vez mais frequente, aumentando a tecnologia presente nos automóveis, o conforto e a facilidade de dirigir. Com isso, as pessoas têm trocado frequentemente de automóveis, inclusive suas motos.

Mas como saber se o preço que você deseja para comprar ou vender é o preço justo pelo automóvel? Sabemos que o valor de uma moto com o tempo diminui. E para evitar dúvidas no valor de mercado dos automóveis, foi criada a tabela FIPE motos, para nortear o preço de compra e venda em território nacional.

O que é tabela FIPE motos

Em 1973, foi criado a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, ou como é mais conhecida, a FIPE. Ela é uma organização é de direito privado e tem entre seus objetivos o apoio ao Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e não possui fins lucrativos.

Essa organização criou a Tabela Fipe para automóveis usados e seminovos. A tabela tem como função a de nortear o valor de mercado dos automóveis em todo território nacional, não valendo como uma regra de preço, mas sim como um parâmetro financeiro para quem deseja comprar ou vender seu veículo.

A tabela tem alterações mensais, uma vez que o valor das motos pode ser alterado de acordo com o mercado. A instituição realiza uma pesquisa média de mercado com todos os automóveis em território nacional, a partir dos valores realiza uma média para chegar ao preço médio fornecido. São desconsiderados pela tabela de itens que podem alterar o valor da moto, tais como cor, estado de conservação e manutenções.

Como consultar a Tabela FIPE motos

Para realizar a consulta da Tabela FIPE Motos é bem fácil e prático. Caso você deseja comprar ou vender uma moto pesquise antes e se informe do valor, para poder realizar sua negociação dentro dos valores do mercado.

Para consultar a tabela siga os passos a seguir:

  • No site oficial da FIPE vá até a aba ÍNDICES E INDICADORES.
  • Escolha a opção PREÇO MÉDIO DE VEÍCULOS – TABELA FIPE.
  • Escolha a opção CONSULTA DE MOTOS.

Aqui é possível escolher das opções de pesquisa, a comum ou a pesquisa por código FIPE. Vamos explica-las separadamente.

Na opção PESQUISA COMUM:

  • Escolha o período de referência da pesquisa.
  • Informe a marca do veículo, o modelo e por último o ano.
  • Após preencher todos os campos você terá acesso ao código FIPE do veículo e seu preço médio de mercado no período em que selecionou na pesquisa.

 

Na opção PESQUISA POR CÓDIGO FIPE:

  • Informe qual o período de referência deseja pesquisar.
  • Caso você já saiba o código FIPE do veículo deve informá-lo.
  • Em seguida informe o ano modelo que deseja consultar.
  • Aparecerá para você o valor médio do automóvel que deseja.

 

  • Importância da Tabela FIPE.

Em suma, a importância da Tabela FIPE motos consiste em oferecer o valor médio dos automóveis para compra e venda. Evitando assim discrepâncias para quem deseja comprar ou vender sua moto.

Vale lembrar que a Tabela Fipe Motos desconsidera itens que podem alterar o valor final do automóvel, como cor, estado de conservação, manutenções e remontagens, além de multas e apreensões.

Como melhorar a decoração de sua casa

Vais se mudar para uma nova casa e começar uma nova vida em outra? Não precisa ficar preocupado ou se sentir sobrecarregado com a pressão de arrumar tudo de uma única vez!

Neste artigo, vamos dar algumas dicas de decoração de casa para você que quer inovar seu espaço.

Sem dúvida, decorar uma casa do zero é algo incrível e realmente prazeroso. Embora, muitas vezes, possamos nos sentir com uma dose de responsabilidade extra. Por isso, decidimos criar este artigo para te ajudar.

Vamos as dicas!

Descubra o seu estilo de decoração

 

Se você souber qual é o estilo de design que você quer para o interior da sua casa, você está a meio caminho andado!

Uma regra de ouro fácil é usar o mesmo estilo para o interior do exterior da casa. Com um estilo arquitetônico de casa, peças de madeira escuras, ricas, móveis limpos e muitos tons de terra funcionam bem.

Aqui estão quatro dos estilos de decoração de casas mais populares a considerar:

Transitório

Um estilo transitório combina com a maioria dos estilos arquitetônicos.

O visual é um híbrido de moderno e tradicional, perfeito para atualizar estilos de casa mais antigos, como colonial ou vitoriano, ou aquecimento de uma nova casa de construção.

O estilo de decoração de casas envolve o uso de madeiras escuras, pedra, cores neutras e vermelhos terrestres, sages e verduras de oliva como cores de sotaque.

Mobiliário é bastante racionalizado, mas apresenta mais ornamentação e curvatura, linhas mais suaves.

Um estilo moderno de decoração é bem adaptado e apresenta linhas limpas. Você também pode fazer porcelanato líquido no piso, uma vez que não é necessário remover o piso anterior.

Contemporâneo

 

O design contemporâneo é o mais escasso e minimalista dos estilos de design. Poucas peças são usadas em cada quarto.

A seleção de cores é normalmente arredondada para preto, branco ou cinzento com sotaques de cores primárias.

Metais e vidro, em vez de madeira, são apresentados. Ao decorar do zero, um estilo contemporâneo é uma boa ideia quando você está trabalhando com espaços menores e/ou você quer destacar as características naturais da casa, como grandes, janelas brilhantes ou detalhes arquitetônicos.

Conclusão

 

O estilo acrescenta diversão, conforto aconchegante e um pouco de capricho para a sua nova casa.

Para quem se interessar, existe um curso de porcelanato líquido que qualquer pessoa pode fazer e se profissionalizar na área.

Para decorar do zero em um estilo de fazenda, prático, acolhedor e convidativo são mais importantes. Os sofás devem estar fartos de conforto e de pouca manutenção. As mesas de madeira são esporádicas e casuais. Cores e peças de sotaque têm um toque vintage ou loja de antiguidades.

Benefícios dos peptídeos de colágeno para cabelos, pele, unhas e articulações

colágeno para cabelos

colágeno para cabelos

Colágeno: É a proteína estrutural mais abundante no corpo, e é mais do que apenas uma moda nova, popularizada por diferentes personalidades e marcas de estilo de vida. Toma a forma de uma hélice tripla composta do motivo contínuo repetitivo, Gly-XY, onde Gly é glicina, X é prolina (Pro) e Y é hidroxiprolina (Hyp). Os dois últimos aminoácidos são específicos das estruturas de colágeno. Esses blocos de proteína formam a estrutura da pele, tendões, ossos e dentes e são essenciais para a saúde e manutenção dessas estruturas ao longo da vida.

O colágeno é encontrado naturalmente no tecido conjuntivo de animais terrestres, como humanos, vacas e galinhas, bem como em algumas espécies marinhas, incluindo peixes. Ela representa cerca de 25% do conteúdo de proteína dos nossos corpos e é útil na reparação de tecidos moles.

As pessoas que consomem proteína animal regularmente em sua dieta estão consumindo algum colágeno; no entanto, as proteínas da carne muscular não possuem as proteínas ricas encontradas no tecido conjuntivo. Indivíduos que rotineiramente tomam um caldo de osso tradicionalmente preparado beneficiam-se do colágeno extraído do tecido cartilaginoso usado na preparação do caldo. Além disso, estudos mostram que formas facilmente digeridas e absorvidas de colágeno, como aquelas encontradas em suplementos dietéticos de qualidade, podem ter uma taxa de absorção ainda maior do que alimentos tradicionalmente preparados.

Diferentes tipos de colágeno

Seja de fontes animais ou marinhas, todo o colágeno vem de aminoácidos, os blocos de construção de proteínas no corpo. Os colágenos animais e marinhos são constitucionalmente os mesmos – isto é, são compostos dos mesmos aminoácidos – no entanto, as fontes animais têm uma quantidade maior de alguns aminoácidos (prolina e hidroxiprolina, especificamente).

A pesquisa mostra que existem mais de 28 tipos diferentes de colágeno, mas os três mais abundantes são os tipos I, II e III. Esses tipos de colágeno formam as fibrilas estruturais dos tecidos, enquanto os demais participam da associação dessas fibras com outros tecidos. 2

  • Tipo I: Esta é a forma mais abundante de colágeno e é encontrada em tendões e em todo o corpo. É um bloco de construção chave para cabelo, pele, unha, vaso sanguíneo e saúde dos dentes.
  • Tipo II: Este tipo de estrutura de colágeno é encontrado com mais freqüência na cartilagem articular.
  • Tipo III: Esta é a segunda forma mais abundante de colágeno e é sempre encontrada em associação com o colágeno tipo I.

Qual é a diferença entre o colágeno hidrolisado, os peptídeos de colágeno e a gelatina?

  • A gelatina é a forma desnaturada de colágeno, mas é embalada em uma estrutura diferente de outras formas de colágeno. É criado por hidrólise parcial (quebra) da proteína de comprimento total, e dependendo do processo de extração utilizado, a gelatina pode variar em propriedades funcionais, apesar de ter o mesmo conteúdo de aminoácidos que o colágeno. A gelatina, também considerada a forma cozida de colágeno, geralmente sofre um processamento extenso que diminui sua biodisponibilidade. Gelatina mistura bem com água quente e torna-se um sólido gomoso quando resfriado.
  • O colágeno colastrina (também chamado de hidrolisado de colágeno) é o resultado da quebra enzimática (ou hidrólise) da proteína de colágeno de comprimento total, extraída e desidratada (em um pó branco). Contém uma mistura de diferentes tipos e combinações de peptídeos de colágeno. Por causa de seu tamanho menor, o colágeno hidrolisado é mais fácil de digerir e usar. A taxa de absorção do colágeno hidrolisado é superior a 90%, comparada a apenas 27% ou menos dos alimentos.
  • Os peptídeos de colágeno (outro nome para colágeno hidrolisado e hidrolisado de colágeno) envolvem a quebra das ligações moleculares entre as cadeias individuais de colágeno e os peptídeos. Estes são fragmentos de péptidos específicos, normalmente com 2 a 20 resíduos de aminoácidos de comprimento, que possuem actividade biológica. Devido ao seu tamanho menor, esses peptídeos apresentam maior biodisponibilidade e são mais bem absorvidos pela corrente sanguínea. Os peptídeos de colágeno se misturam bem com líquidos quentes ou frios, e essas misturas permanecem líquidas quando em temperatura ambiente e quando estão frias.

Aparência exterior

Além de melhorar a integridade estrutural e a elasticidade da pele, o consumo de colágeno tipo I e III também melhora a capacidade da pele de reter umidade e combater a radiação UVB, que por sua vez promove uma pele mais saudável e com aparência mais jovem, de acordo com estudos.

Há também evidências clínicas crescentes dos benefícios do colágeno no fortalecimento das estruturas colágenas dos cabelos e unhas. Um estudo no Journal of Investigative Dermatology revela que o colágeno é fortemente depositado nos folículos pilosos, e a falta de colágeno atrasa o ciclo e o crescimento do cabelo, sugerindo que o colágeno poderia ser uma área potencial que justifica uma investigação mais aprofundada.

Em um estudo de seis meses que analisou unhas quebradiças, os pesquisadores descobriram que a suplementação diária com colágeno resultou em aumento do crescimento das unhas e melhoria das unhas quebradiças, em conjunto com uma diminuição notável na frequência de unhas quebradas.

Força interior e resiliência

Evidências adicionais mostram que a suplementação com colágeno oral estimula a regeneração do tecido colágeno, aumentando não só a síntese de colágeno, mas também a síntese de componentes menores (glicosaminoglicanos e ácido hialurônico). Um desses estudos utilizou questionários validados de autopercepção para medir o conforto articular e a saúde geral das articulações em sujeitos do estudo. Após 90 dias de intervenção, 78% dos participantes do grupo de teste relataram ter menos desconforto articular, e mais de 60% dos participantes concordaram que a saúde das articulações melhorou, aumentando a flexibilidade articular, a mobilidade e reduzindo a rigidez articular. Não houve mudanças estatisticamente significativas no grupo controle.

Como se os benefícios do colágeno dietético adequado visto no cabelo, pele, unhas e articulações não fossem suficientes, também há evidências para apoiar o papel do colágeno e da gelatina na saúde dos ossos. No osso, aproximadamente 95% é colágeno Tipo I, proporcionando resistência viscoelástica, rigidez torcional e capacidade de suporte de carga. O colágeno tipo II também está envolvido na formação óssea, embora seja encontrado principalmente na cartilagem.

Enquanto o corpo de evidências em torno da suplementação de colágeno continua a crescer, os benefícios da suplementação diária com peptídeos de colágeno (colágeno hidrolisado) já podem ser vistos. Existem usos para gelatina e peptídeos de colágeno em cozimento, panificação, smoothies e outros meios; no entanto, a maior taxa de digestão e biodisponibilidade da forma peptídica faz com que este suplemento seja um ótimo complemento para a rotina de saúde de qualquer pessoa.

O que é testosterona, seus benefícios e como aumentá-la naturalmente

A testosterona é um hormônio andrógeno produzido em homens, embora presente em pouca quantidade no organismo feminino, ela é responsável pro atribuir as características masculinas como o tom de voz, pêlos, força, ganho de massa muscular, barba, entre outros.

A partir dos 30 anos de idade, os níveis desse hormônio começam a declinar nos homens e algumas das alternativas envolvem reposições e estimulação para regular os níveis de testosterona. Como esse é um hormônio essencial masculino, é comum a busca por produtos como o gel macho macho, que estimule um melhor desempenho sexual. Mas, existem outras maneiras de melhorar os níveis do hormônio, com exemplo, melhorando a alimentação e praticando exercícios físicos.

Benefícios da testosterona no organismo

 

 

1) Aumento da massa muscular e força

Quanto mais altos forem os níveis de testosterona, mais fácil será ganhar massa muscular e força.

É importante ter em mente que quanto maior o percentual de gordura, menores serão os níveis de testosterona, o que dificulta o ganho de massa muscular. Outro fator a ser considerado é que a baixa produção de testosterona, pode estar associada a gordura visceral, onde a pessoa corre o risco de desenvolver diabetes e resistência a insulina.

Portanto, para ganhar massa muscular e regular os níveis de testosterona é importante perder peso.

 

2) Ossos mais fortes

A testosterona deixa os ossos mais fortes. Para as mulheres é importante regular os níveis, mesmo que sua produção seja baixa, pois, após a menopausa o risco de desenvolver osteoporose é maior.

 

3) Melhora o desempenho sexual e aumenta a libido

Esse hormônio ajuda a melhorar o organismo na parte sexual. Melhora as ereções e desempenho.

Como aumentar os níveis de testosterona naturalmente?

 

Se você tem uma dieta moderadamente saudável e equilibrada, não terá um déficit e, portanto, não precisará de suplementação. Não fique obcecado com esta seção.
O que vem a seguir é muito mais importante:

Consuma alimentos ricos em zinco e magnésio

Esses minerais são fontes importantes que auxiliam na produção do hormônio, principalmente na produção de espermatozóides.

Aumente sua ingestão de gordura

As gorduras são essenciais quando se trata de aumentar seus níveis de testosterona.

Tanto as gorduras saturadas quanto as monoinsaturadas estão diretamente relacionadas ao aumento da testosterona, diferentemente da poliinsaturada e trans.

Proteína

É necessário consumir cerca de 1,5-2 gramas / kg de peso corporal .  A proteína possui propriedades essenciais para a produção de testosterona e ganho de massa muscular.

Colesterol

A testosterona é sintetizada a partir do colesterol, uma substância que tem sido demonizada, mas tem funções básicas, tais como o acima mencionado, como sendo uma parte essencial das paredes celulares e biliar.

Além disso, mantendo altos os níveis de colesterol HDL, você aumentará seus níveis naturais de testosterona.

Quais alimentos consumir:
  • Abacate
  • Nozes
  • Amendoim
  • Peixes
  • Carnes magras
  • Frango
  • Feijão
  • Banana
  • Ostras
  • Cogumelos
  • Uva
  • Romã
  • Ovos

Entre outros.

Não podemos esquecer que o sono e exercícios físicos são essenciais para estimular a produção desse hormônio. Com uma dieta equilibrada, rica em nutrientes e melhora nos hábitos de vida, é possível desfrutar de todos os benefícios que a produção desse hormônio disponibiliza.