imovel para alugar anual

imóveis para aluguel anual

Situações importantes a serem observadas na escolha de imóveis para aluguel anual

Quais são as situações importantes a serem observadas na escolha de imóveis para aluguel anual? Se você está em busca de um imóvel, neste post o nosso objetivo é pontuar algumas ocorrências que vão te ajudar a não errar na hora de assinar o contrato de locação durante pelo menos um ano.

Condição financeira da família é uma das situações importantes a serem observadas na escolha de imóveis para aluguel anual

Para começar, dentre as muitas situações a serem observadas na escolha de imóveis para alugar um imóvel de forma anual está a sua condição financeira. Isso pode parecer algo sem importância, porque todo mundo tem na mente quanto ganha e quanto vai pagar de aluguel, porém as coisas não são assim tão simples!

As contas precisam ser feitas antes do contrato ser assinado e em caso de apartamento, além do aluguel, o IPTU e o condomínio precisam ser considerados. É importante que a soma de todos (aluguel + impostos e taxas) não seja superior a 30% do rendimento familiar. Pois a família precisa considerar os gastos que ela já tem com alimentação, lazer, transporte e vestuário, etc.

Essa responsabilidade financeira é muito importante pois o Locador contará com o valor mensal do aluguel e em caso de inadimplência o locatário terá que pagar multa e estará sujeito a ser despejado do imóvel.  

Real condição do imóvel é outra das situações importantes a serem observadas na escolha de imóveis para aluguel anual

Dentre muitas situações importantes a serem observadas na escolha de imóveis para aluguel anual está a real condição do imóvel, se o mesmo atende a suas necessidades e se está em um estado de conservação adequado.

Outra situação importante a ser observada é a condição solar e de ventilação do imóvel, pois você precisa lembrar que, principalmente no inverno, imóveis que não tem uma boa condição solar chegam a ser insalubres à saúde de seus moradores.

Exija sempre da imobiliária que está intermediando a locação um laudo de vistoria profissional, com fotografias de boa definição para demonstrar o estado de conservação dos móveis e utensílios.

O laudo de vistoria deve ser guardado até o fim do contrato. Em caso de mau uso, de algum acidente involuntário ou de manutenção de rotineira de eletro/eletrônicos, o locatário é o responsável, porém os vícios já existentes no momento da locação, e que devem ser identificados no laudo de vistoria, são de inteira responsabilidade do proprietário, caso não tenham sido corrigidos quando o locatário entrou no imóvel.

Importante também o locatário procurar saber se o locador do imóvel é mesmo o proprietário e isso ele só vai conseguir solicitando a matrícula dele ou o contrato de compromisso de compra e venda, quando for o caso.

Por fim, uma boa leitura do contrato é fundamental, pois esse é o momento de tirar todas suas dúvidas, principalmente em relação multas e outras obrigações de responsabilidade do locatário, como por exemplo avisar com antecedência mínima quando for desocupar o imóvel.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *