Você sabia que é possível fazer empréstimos para MEI? O Microempreendedor Individual (MEI) possui vantagens por ter CNPJ, e uma delas é abrir uma linha de crédito para melhorar seu negócio.

Seja autônomo ou dono da própria empresa, quem se formalizou como MEI tem direito a fazer empréstimo para aumentar seu capital de giro ou realizar avanços em seu trabalho.

Saiba como funciona e quais os requisitos para tomar dinheiro emprestado para quem é Microempreendedor Individual. Acompanhe!

 

-> Veja Também! Descubra os segredos de como divulgar sua empresa na internet

Quem oferece empréstimos para MEI?

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são as instituições mais conhecidas quando o assunto é empréstimo para o Microempreendedor Individual.

Cada uma possui suas taxas e regras específicas para você escolher a linha de crédito que mais combina com a sua necessidade.

Pode ser que você tenha interesse em investir em um novo segmento, antecipar vendas ou aumentar o capital de giro, mas é preciso ficar atento para o banco não deixar de conceder o crédito.

Para evitar uma negativa, mostre empenho para obtenção de lucros, deixando claro que o dinheiro será usado para o seu micro empreendimento.

Requisitos para pedir empréstimos

Para solicitar empréstimos para MEI, esteja ciente dos seguintes requisitos:

  • Documentos – (RG, CPF, comprovante de residência e Certificado de Mei são exigências básicas, podendo cada banco solicitar mais documentação);
  • Comprovante de renda pessoal e da empresa – É uma forma de comprovar a estabilidade do seu negócio e das suas contas pessoais, garantindo que o empréstimo será quitado;
  • Planejamento – Ter um bom plano de investimento contribui para a obtenção de empréstimos para MEI.

Microcrédito – Empréstimo para MEI

Uma opção menos burocrática e com menor taxa é o microcrédito para Microempreendedor Individual.

Os empresários formais ou informais de pequeno porte são contemplados nessa linha de crédito, mas, assim como os empréstimos convencionais, é preciso usar esse dinheiro apenas para ampliar o faturamento do negócio.

Não use o microcrédito para despesas pessoais, sob o risco de não conseguir lucrar nem quitar as parcelas, o que dificulta novos empréstimos.

Se você está precisando de dinheiro para fazer seu negócio crescer, pesquise e compare as melhores taxas de empréstimos para MEI.