Esporte

Estão abertas as inscrições para a Corrida Tiradentinhos em Juazeiro

Foto: Arquivo

Destinada a crianças de sete a 14 anos, as inscrições para 15ª edição da Corrida Tiradentinhos estão abertas até o dia 13 de abril no Ginásio de Esportes Aloísio Viana, das 08h às 12h e das 14h às 18h, assim como na Associação de Moradores da Rua Tiradentes e a taxa cobrada são dois quilos de alimentos não perecíveis.

A corrida acontece dia 21 de abril, e cerca de 400 crianças irão disputar a corrida, que está dividida em oito categorias, masculina e feminina: faixa etária de 07 e 08 anos – 200 metros, saída e chegada na rua Tiradentes; 09 e 10 anos – 400 metros, saída das Lojas Americanas e chegada na rua Tiradentes; 11 e 12 anos – 800 metros, saída do Hotel Rio Mar e chegada na rua Tiradentes; 13 e 14 anos – 1.500 metros – saída do Posto de Saúde do Angary e chegada na rua Tiradentes.

De acordo com o Superintendente Municipal de Esportes, Gilberto Pacheco, o objetivo é incentivar o esporte ainda na infância, para melhorar a qualidade de vida e oferecer lazer. “A Prefeitura de Juazeiro, nos últimos oito anos, tem se empenhado para fazer uma corrida organizada e é assim que tem acontecido. O vencedor de cada categoria recebe uma bicicleta. Os demais recebem brindes e todos ganham medalhas e troféus.”, completa.

José Antônio da Silva Filho, mais conhecido como Zé Meinha é o Presidente da Associação de Moradores da Rua Tiradentes e se coloca à disposição para quem precisar de mais informações. “A corrida homenageia a nossa Rua e os moradores ficam ansiosos para que ela aconteça. Vale a pena participar, porque tira a criança da rua e proporciona o lazer. Para quem quiser saber mais informações, basta entrar em contato pelo número (74) 9 88347143”, disse.

O evento é realizado pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, em parceria com a Associação de Moradores da Rua Tiradentes, do Bairro Santo Antônio.

 

 

Em mais um jogo, Brasil vence o Paraguai por 3×0

Oito jogos, oito vitórias e um sentimento: a Seleção Brasileira de Tite está no caminho certo para a conquista do sexto título mundial na Copa da Rússia, em 2018. Ainda falta um bom tempo daqui até lá e, por isso, os torcedores precisam se contentar com as Eliminatórias. Na noite desta terça-feira (28), no Itaquerão, em São Paulo, triunfo de 3×0 sobre o Paraguai.

Os rivais estavam atravessados na garganta brasileira. Desde 2009, o Brasil não vencia “La Albirroja”. Foram quatro empates seguidos, aliados aos jogos traumáticos de 2011 e 2015, com duas eliminações nas edições da Copa América, ambas nos pênaltis.

Disposto a manter o retrospecto de 100% de aproveitamento sob o comando de Tite, o Brasil manteve o estilo de jogo, com marcação alta e boa saída de bola dos volantes. O resultado pôde ser observado na posse de bola: 70% para a equipe verde e amarela.

Em 25 minutos de bola rolando, Neymar já havia levado cinco faltas dos paraguaios. A cada bola parada, por sinal, um susto daqueles para o goleiro Anthony Silva. De cabeça, Firmino exigiu toda a elasticidade do camisa 12.

De tanto pressionar, o Brasil conseguiu furar a defesa adversária. Coutinho partiu livre pela direita e tocou para Paulinho, que devolveu de calcanhar. O camisa 11 meteu uma chapa bonita, de fora da área, no cantinho do gol. Bola na rede e festa na arquibancada. Foi suficiente na primeira etapa.

Após a chuveirada, a intensidade brasileira seguiu a mesma. Com apenas quatro minutos, Coutinho cruzou rasteiro para Neymar, que entrou de carrinho e por muito pouco não balançou a rede.

A chance viria logo no minuto seguinte, quando o próprio Ney roubou a bola e sofreu pênalti. Na cobrança, o camisa 10 bateu no canto, mas o goleiro Anthony Silva pegou.

Não tem problema. Após 10 minutos, o craque partiu de trás do meio-campo, deixou dois paraguaios na saudade e entrou na área. Gingou, chutou e correu para o abraço. Ainda teve tempo de Neymar fazer mais um gol, mas o lance foi anulado devido ao impedimento do atacante.

Já aos 40, Marcelo recebeu passe de letra de Paulinho e, na saída do goleiro, deu uma cavadinha por cima. Caixão fechado e a torcida se acabou de cantar: “O campeão voltou, o campeão voltou!”. E tem que respeitar mesmo.

As Eliminatórias só retornam no dia 31 de agosto, dia em que o Brasil vai enfrentar o Equador em casa. Cinco dias depois, será a vez de encarar a Colômbia como visitante. (Correio)

Fera Sertaneja conta com apoio do time do Flamengo e de grandes nomes do futebol brasileiro

Após quase 60 dias na cidade do Rio de Janeiro, o Presidente da Petrolina Social Futebol Clube, Cirineu Ribeiro, ajustou os detalhes da vinda do técnico Andrade e sua comissão técnica, formada pelo auxiliar técnico Renato Carioca, o preparador de goleiros, Adriano Francisco da Silva, e os empréstimos de jogadores do Flamengo confirmados pelo presidente do rubro negro carioca, Eduardo Bandeira de Mello.

O acordo é que de três a cinco atletas do sub 23 do Flamengo venham emprestados para o Petrolina, onde os salários desses jogadores serão mantidos pelo clube carioca. A escolha de quem virá para a Fera Sertaneja fica por conta do técnico Andrade. Outros clubes também foram sondados para o envio de jogadores e a negociação está em andamento para que a Portuguesa ceda até cinco jogadores, quatro viriam do São Paulo e mais dois do Santos.

“Eles estão vindo com o projeto de ajudar o Petrolina, pois não temos condições de pagar os técnicos e jogadores. Pedimos que a população abrace também, pois estão saindo do Rio de Janeiro para nos ajudar.”, ressaltou Ribeiro.

Os novos  jogadores irão compor o elenco para a temporada do Campeonato Pernambucano A2.  A Fera Sertaneja  ainda conta com o apoio de nomes de peso do futebol nacional como ex-zagueiro Rondinelli, conhecido como “Deus da Raça rubro-negro” e com o de Zico, o eterno Galinho de Quintino.

Os atletas locais que estão se disponibilizando a fazer parte do elenco do Petrolina serão avaliados a partir de abril por Andrade e sua comissão técnica. O time já está com o site no ar, clique aqui para acessar e saber mais novidades sobre a fera.

Chileno Maldonado

Outro atleta está em fase de negociação, o volante chileno Maldonado, que já esteve sob a batuta do técnico Andrade em 2009 quando o Flamengo foi campeão Brasileiro, e estaria disposto a sair da aposentadoria para se juntar ao time sertanejo. Atualmente, com 37 anos, entraria na brecha que o regulamento da Federação Pernambucana de Futebol permite que até cinco atletas do Pernambucano A2 tenham acima de 23 anos.

 

Em Juazeiro, Cancão vence Galícia e diminui risco de rebaixamento no Baiano

Foto: Divulgação

A Juazeirense estava devendo uma vitória no Adauto Moraes ao seu torcedor. E ela veio em um momento importante no Campeonato Baiano. O Cancão bateu o Galícia, neste domingo (26), em casa, por 1×0, foi a nove pontos e abriu cinco do Flamengo de Guanambi, o primeiro time na zona de rebaixamento do estadual. A derrota sacramentou o rebaixamento da equipe de Salvador.

Apesar da situação do adversário na tabela, que havia somado apenas um ponto no campeonato, o Cancão não encontrou facilidades diante do Galícia. Após um primeiro tempo de poucas emoções, a Juazeirense só conseguiu definir a partida na segunda etapa, com um gol do atacante Emerson Bahia.

A primeira etapa não foi boa para os atacantes do Cancão. Sassá e Danilo Balla perderam boas oportunidades para abrir o placar dentro da grande área. No finalzinho, pressão dos donos da casa que ainda colocaram uma bola na trave com o lateral-esquerdo Marquinhos.

No intervalo, o técnico Carlos Rabello mexeu e colocou Emerson Bahia no lugar de Sassá. E a mudança foi providencial. Aos 11 minutos do segundo tempo, o atacante recebeu na pequena área, tirou do goleiro Hugo e abriu o placar. Gol que deu tranquilidade para o Cancão, que apenas administrou a partida até o final e garantir o primeiro triunfo no Adauto Moraes nesta temporada.

Com nove jogos, o Cancão folga na décima rodada e observa os resultados dos adversários para definir a sua situação no Campeonato Baiano. Na última rodada, dia 12 de abril, a Juazeirense joga fora de casa com o Bahia de Feira.

Salgueiro vence o Central e garante o primeiro lugar do Hexagonal do Pernambucano

Foto: reprodução internet

Em duelo realizado neste domingo (26), no Antônio Inácio, o Central recebeu o líder Salgueiro, em jogo válido pela 8ª rodada do Hexagonal do Título do Pernambucano A1/2017. Com a bola rolando o Carcará levou a melhor e venceu a Patativa por 2 x 0, garantindo o primeiro lugar do Hexagonal com duas rodadas antes do início das semifinais.

No primeiro tempo os visitantes queriam fazer valer a boa campanha e logo tomaram as iniciativas. Depois de tanto insistir chegaram ao gol, aos 25 minutos. Rodolfo Potiguar fez boa jogada e cruzou na medida para Valdeir abrir o marcador.

Na volta do intervalo, a Patativa até tentou pressionar o Salgueiro, mas foi o tricolor sertanejo quem chegou ao segundo gol. Com 29 minutos de bola rolando, Daniel recebeu passe e, livre de marcação, tocou na saído do arqueiro do Central para dar números finais ao jogo.

Juazeirense recebe o Galícia na reta final do Baiano

Foto: Divulgação

Em oitavo, com seis pontos na tabela do Campeonato Baiano, o Cancão precisa somar pontos para afastar de vez o risco de rebaixamento. Neste domingo (26), a equipe recebe o Galícia, às 16h, no Adauto Moraes. O visitante é o lanterna da competição com apenas um ponto. Uma vitória em casa pode ser o suficiente para manter a Juazeirense na elite do futebol estadual. Na última rodada, o Cancão encara o Bahia de Feira, no Joia da Princesa.

Um dos mais experientes do elenco, o volante Waguinho está no clube desde 2011 e não esconde a insatisfação pelo momento que o Cancão atravessa. “Sentimento de dor. Estamos sempre acostumados a brigar nas cabeças e hoje estamos lá embaixo. Está me incomodando muito, sempre converso em casa com a minha família e não vejo a hora de passar a borracha nisso tudo, dar a volta por cima e colocar a Juazeirense onde ela merece estar”, fala.

Waguinho sabe o que o time precisa para sair dessa situação. “Precisamos muito nos concentrar e nos unir ao máximo. Faltou um pouco de união dentro de campo. Agora é fazer o que não fizemos durante o campeonato nestes últimos dois jogos. Temos que conversar bastante, trabalhar focado e firme para sair dessa situação”, completa.

O zagueiro Braz, que será titular diante do Galícia, acredita que a equipe precisa ter tranquilidade para superar o adversário de amanhã no Adauto Moraes. “É jogar com tranquilidade, esquecer o que passou de negativo e pensar positivamente agora. É um jogo importante, vamos jogar com uma equipe que está brigando para sair do rebaixamento e temos que administrar bem essa partida. Com muita responsabilidade e persistência, vamos sair com essa vitória”, conclui.

...

Salgueiro enfrente o Central neste domingo (26)

Neste domingo (26), Salgueiro e Central jogam às 16h, no Antonio Inácio, em Caruaru. Firme na liderança, o Carcará enfrenta o lanterna da competição que só venceu um jogo até o momento. Os times se enfrentam pela 8ª rodada do Hexagonal do Título do Pernambucano A1. O carcará acabou de fazer 12 anos de atuação e segue com todo gás para garantir mais uma vitória no Campeonato.

Jogo entre Cancão e Vitória da Conquista termina empatado

Num jogo truncado, a Juazeirense empatou em 0x0 com o Vitória da Conquista, no Adauto, na tarde deste domingo (19), e segue na nova colocação, agora com seis pontos – três a frente do Flamengo de Guanambi, que abre a zona de rebaixamento. O Cancão volta a campo na próxima quarta-feira (22), quando enfrenta o River-PI, também em casa pela Copa do Nordeste. Ainda no Adauto Moraes, enfrenta o Galícia no domingo (26), pela penúltima rodada do Baiano.

Com quatro desfalques no time titular, o técnico Carlos Rabello teve que improvisar. O zagueiro Júnior Gaúcho atuou como volante ao lado de Waguinho, que retornou a equipe após recuperar-se de lesão. Outras duas novidades foram Marquinhos, escolhido para fazer a lateral esquerda no lugar do machucado Elton Lira e o atacante Rodrigo Rodrigues, substituto de Júnior Chicão.

Com tantas mudanças, o Cancão teve dificuldades para encontrar o caminho do gol no primeiro tempo. Diante do quadro,  Carlos Rabello exigiu uma postura diferente da equipe para a volta do intervalo. “Começamos bem, depois nos perdemos. A equipe rouba a bola e depois tem dificuldades para prosseguir no lance. Temos que corrigir isso”, relatou o professor.

E o Cancão voltou diferente, com mais movimentação e ocupando melhor os espaços.   Coube a Danilo Bala assustar o goleiro Rodolfo logo no reinício da partida. Na sequência, quem trabalhou bem foi o zagueiro Michel, que travou bem um chute do atacante Tatu, do Vitória da Conquista. O jogo então ficou aberto, com chances  para os dois lados. Waguinho também teve uma grande chance e chutou raspando a trave. Depois, Rodrigo Rodrigues furou na hora de empurrar para as redes. Como última cartada, Rabello optou por um time com mais força ofensiva e colocou Ávine e Emerson Bahia em campo. Mas não era dia de vitória.

...

Salgueiro vence o Náutico pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano

Pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano, Salgueiro e Náutico entraram em campo no Cornélio de Barros com a liderança em jogo. O Timbu acabou surpreendido pela boa atuação do time sertanejo e saiu derrotado pela primeira vez na era Milton Cruz pelo placar de 2×0. Caso o Sport vença o Belo Jardim neste domingo (19), o time da Rosa e Silva pode acabar a rodada na quarta colocação do hexagonal.

Durante todo o primeiro tempo, o Carcará fez jus a melhor campanha do Hexagonal do Título, e pressionou o Náutico com uma marcação alta e posse de bola no campo ofensivo. Logo aos dois minutos, Valdeir teve a primeira chance de cabeça, após bom cruzamento de Rodolfo Potiguar, e mandou nas mãos de Tiago Cardoso.

Trabalhando bem na recuperação de bola, Toty teve uma segunda chance para o Carcará minutos depois, mas acabou mandando a esquerda da meta de Tiago Cardoso. Os donos da casa abusaram dos escanteios na primeira etapa, e explorando as laterais do Náutico acharam as melhores oportunidades.

E foi em um tiro esquinado que a surgiu a outra oportunidade. Após o cruzamento, Jean dominou a bola no segundo pau e bateu cruzado. Tiago Cardoso conseguiu uma defesa plástica, e no rebote a zaga alvirrubra mandou para longe.

Mesmo sem conseguir trabalhar a bola no ataque, o Náutico respondeu na bola parada. Dudu levantou na área de Mondragon e Ewerton Páscoa acertou o desvio para assustar o arqueiro sertanejo. Foi a melhor oportunidade do Timbu.

Já no apagar das luzes da primeira etapa, a superioridade do Carcará foi compensada. Depois de um erro de Manoel no lado esquerdo da defesa alvirrubra, setor mais explorado pelos Salgueiro, Toty roubou a bola e cruzou para Willian Lira, que subiu mais que David, e mandou para o fundo das redes, tirando o zero do placar. Festa no Cornélio de Barros.

Na etapa complementar, o Náutico assumiu outra postura. Começou a propor o jogo, ter mais posse no campo ofensivo, e o Salgueiro se viu encurralado. Dudu foi a peça mais ativa no meio, ditando o ritmo da equipe e presente nas jogadas ofensivas. Em duas oportunidades, o camisa 7 Timbu cruzou na grande área para Giovanni e João Ananias, que não souberam aproveitar.

A melhor chance dos comandados de Milton Cruz, no entanto, foi numa falta próxima ao círculo central. Alison assumiu a responsabilidade e mandou um tirambaço do meio da rua, acertando o travessão de Mondragon.

Mesmo vivendo um melhor momento, os vacilos na defesa por pouco custaram mais um gol. Ewerton Páscoa saiu mal, Valdeir adentrou a grande área e encobriu Tiago Cardoso, que precocemente saiu da meta. O mesmo Páscoa cortou em cima da linha.

A chance fez o Salgueiro crescer, e aos 37 da segunda etapa, Levi sacramentou o resultado para os donos da casa depois do cochilo da defesa Timbu, encobrindo com categoria o goleiro Tiago Cardoso. Com o apito final, o Salgueiro se isolou na liderança do Hexagonal com 16 pontos, e ficou mais próximo das semifinais. (Folha PE)

Cancão está pronto para encarar o Vitória da Conquista neste domingo (19) no Adauto Moraes

Foto: Divulgação

O time da Juazeirense está pronto para a decisão com o Vitória da Conquista, neste domingo (19), às 16h, no Adauto Moraes, em Juazeiro, onde a equipe trabalhou na manhã de hoje (18). Após a atividade, o técnico Carlos Rabello relacionou 21 jogadores para a partida, e a lista conta com a presença do goleiro Tigre, que se sentiu bem novamente em campo e vai para o jogo.

Outros jogadores que estão de volta são Nen, Waguinho e Ávine, todos recuperados de lesões musculares, problema que impediu a presença do atacante Robert para o duelo de amanhã.  Já  o lateral-esquerdo Elton Lira sentiu o joelho no treino de ontem e também é desfalque. Os volantes Patrik e Capone também estão fora, mas por suspensão. Diante de tantos retornos e algumas ausências, Rabello irá divulgar a equipe só antes da bola rolar.

Os ingressos para a partida, no valor de R$ 15, estarão a disposição nas bilheterias do Adauto neste domingo a partir das 8h. “Precisamos muito do torcedor nesse jogo. Ainda temos uma chance de classificação e esse apoio será fundamental contra o Vitória da Conquista”, destaca o técnico Carlos Rabello. Na nona colocação com cinco pontos, o Cancão iniciou a rodada dois pontos a frente da zona de rebaixamento e seis distante do G-4.

...

Início