Entrevista

Cancão pressiona, mas estreia no Baiano com derrota para o Vitória

Pressão no final, gol de Danilo Bala, mas não foi dessa vez que vieram os primeiros pontos em 2017. Neste domingo (29), na tarde de estreia no Campeonato Baiano, o Cancão acabou perdendo para o Vitória por 2×1, no Adauto Moraes, em Juazeiro. A equipe volta a campo na próxima quarta-feira (01) diante do Jacobina, fora de casa, novamente pelo estadual.

O primeiro tempo debaixo de um sol escaldante foi de um lance isolado.  Melhor para o Vitória, que se aproveitou de uma escapada de David aos quatro minutos de jogo para abrir o placar. Após ganhar do zagueiro Michel, uma das novidades do Cancão no time titular, o atacante do Vitória cruzou para Kieza completar de esquerda sem chances para o goleiro Tigre: 1×0.

A partida seguiu sem chances de gol até a parada técnica para a hidratação, aos 30 minutos. Logo depois, o Cancão chegou num chute de fora da área do volante Patrik, que atuou dessa vez na lateral por opção de Barbosinha. Alison Guirra herdou a vaga na frente da zaga e Ávine entrou no lugar de Everlan na armação das jogadas.

E saiu dos pés de Ávine a grande chance de empate do Cancão no retorno do intervalo. O camisa 10 cobrou falta na cabeça do zagueiro Michel, que testou no contra pé de Fernando Miguel. Passou muito perto… Pelo alto também, o Cancão vacilou pouco depois. Ninguém afastou o escanteio, Kieza arrumou pra direita e fez o segundo do time da capital aos 22 minutos do segundo tempo.

Barbosinha  tentou reverter a situação com as entradas de Danilo Bala e Juninho e a equipe melhorou em campo. Prova disso é que o gol saiu aos 46 do segundo tempo. Lançado, Danilo Bala invadiu a área rubro-negra, driblou o goleiro Fernando Miguel e tocou com tranquilidade para o fundo do gol. O Cancão ainda criou uma grande chance com Juninho, mas o auxiliar José Carlos Oliveira assinalou impedimento.

Eleições 2016: “As pessoas vão me permitir governar a cidade para ser o melhor prefeito da história de Petrolina”, declarou Edinaldo Lima

edinaldo

O último candidato a prefeito da série de entrevistas que foi realizada pela rádio Petrolina FM, Edinaldo Lima, que integra junto com seu vice Newton Matsumoto, a coligação “Pra Continuar Avançando” composta pelos partidos PMDB, PSL, PPS e PHS, respondeu aos questionamentos da população nesta quarta-feira (28).

Ao falar sobre a motivação em ser prefeito de Petrolina, Edinaldo pontuou todo o trabalho que realizou junto a gestão Lossio. “Minha candidatura representa um trabalho de 20 anos na nossa cidade que nos últimos sete anos foi reconhecido por Julio, o qual identificou falta de moradia para as pessoas como um dos maiores problemas da cidade e nós conseguimos durante a gestão garantir moradia para  mais de 15 mil famílias. Além disso, fortalecemos o desenvolvimento da economia gerando emprego e renda, sendo esse um dos motivos principais que me colocaram aqui como candidato a prefeito.”, ressaltou.

O candidato garantiu durante a entrevista que quer trabalhar pelos que mais precisam. ” uma sociedade em que as pessoas estão abaixo da linha de pobreza está doente e precisa de políticas públicas que possam desenvolver essa sociedade. Por isso, vamos precisar investir de maneira muito forte nas políticas sociais, na geração de emprego e renda, em ações educacionais e no desenvolvimento econômico sempre preocupado com a distribuição de renda.”, afirmou.

No seu Plano de Governo, Edinaldo Lima elenca programas que pretende implementar no município e o que deve levar a diante da gestão Lossio. “Vamos continuar avançando e colocar mais crianças no ‘Nova Semente’, hoje são 10 mil, mas queremos chegar a universalização de todas as crianças, priorizando as das famílias que mais precisam ter acesso a educação infantil. Queremos ainda avançar nos programas de desenvolvimento urbano, moradia, iluminação pública e de saneamento através do programa ‘Petrolina Saneada’ e por meio também da nova empresa municipal ‘Águas do São Francisco’ que visa universalizar o saneamento no município.”, mencionou.

O candidato ainda aponta a criação do programa de pavimentação e implementação de políticas setoriais. “Com o programa ‘Minha Rua Pavimentada’ vamos melhorar a vida das pessoas garantindo dignidade, urbanização e conforto. Além das políticas setoriais por meio de programas de governo, a exemplo do programa de Combate a Violência Urbana e Pró-emprego que buscam promover cidadania, acesso ao mercado de trabalho, quilificação e geração de emprego renda para todos da cidade, da áreas ribeirinhas, irrigadas e de sequeiro.” assegura Lima.

Com o objetivo de garantir um futuro melhor para Petrolina, elencou todos os trabalhos realizados na gestão a qual integrou nos últimos quase oito anos, entre eles o candidato destacou:”a construção de 20 Ames, o maior IDEB da história da cidade, mais de 15 mil trabalhadores qualificados, construção de 179 salas e cinco creches, e o programa PAA que garantiu o fortalecimento da agricultura familiar através da compra de produtos para merenda escolar. É com essa história de trabalho e de luta pela cidade que venho apresentando o nosso plano de governo, que é vivo que a cada dia se constrói, andando em cada rua e conversando com as pessoas que vão me permitir governar a cidade para ser o melhor prefeito da história de Petrolina.” argumentou Edinaldo.

Na ocasião, ele agradeceu o espaço e o apoio que recebeu das ruas durante os dias de campanha. “Agradeço a todos que a cada dia cresce nossa caminhada e estão nos mostrando um caminho de vitória e de futuro melhor pra nossa cidade, meu compromisso é avançar cada vez mais e enfrentar todos os desafios mais uma vez.”, encerrou o candidato a prefeito.

 

Eleições 2016: “Eu fui convocado pelo povo para retornar a prefeitura”, frisa candidato a prefeito de Dormentes, Geomarco Coelho

geomarco

Em entrevista ao Blog, o candidato a prefeitura de Dormentes, Geomarco Coelho, que lidera junto com sua vice Josimara Cavalcenti a coligação “Juntos somos mais fortes” composta pelos partidos PSB, PTB, PSD e PEN, comentou sobre sua participação na disputa eleitoral, relembrou gestões anteriores e apontou algumas ações do seu plano de governo para o município de Dormentes, Sertão de Pernambuco.

Geomarco já governou a cidade por três mandatos como prefeito e foi o primeiro gestor no município, mas sua vida política começou em 1988 através do associativismo. “Depois de três mandatos, esse momento é novo, eu fui convocado pelo povo para retornar a prefeitura. Então, não pude deixar de assumir mais uma vez esse compromisso. Acredito que isso se deve ao meu trabalho nos outros mandatos, a forma como eu conduzi o município, com desenvolvimento e geração de emprego.”, afirmou o candidato.

Acreditando na vitória eleitoral, ele complementa que está mais preparado, pois com o tempo ganhou muita experiência. “Tenho certeza que estou voltando a prefeitura com muito mais experiência, pois sei como é administrar o município devido a minha trajetória de ter passado por momentos bons e ruins, e entender sobre as finanças, educação, saúde, segurança, etc. Esse tempo foi bastante positivo, pois se não tivesse sido, eu não estaria sendo chamado mais uma vez.”, declarou.

Durante a entrevista, Geomarco relembrou algumas ações que desenvolveu no município como a compra e estruturação do hospital da cidade, mas assegurou que quer avançar nessa área. “Sempre investi na saúde, compramos o hospital na minha gestão, agora queremos ampliar os serviços, implantar a estrutura de cirurgias, construir mais leitos e fortalecer os PSF (Programa de Saúde da Família) construindo unidades em localidades que ainda não tem, e o objetivo maior é dá apoio a saúde de alta e média complexidade as pessoas que fazem tratamento em Petrolina e Recife, pois sabemos as dificuldades que o SUS (Sistema Único de Saúde) tem de atender as pessoas, queremos garantir atendimento a população,  assegurando uma saúde preventiva e de média e alta complexidade. ” destacou.

Em relação a educação, ele também relatou os avanços realizados no setor quando esteve a frente da gestão municipal. “Um dos pontos mais forte do meu governo, pois em 2011 o município ficou em primeiro lugar do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e chegamos a alcançar a meta de 2022. Nesse momento, estamos com novas ideias, queremos investir em cursinhos preparatórios para o Enem, vestibulares e concursos para que nossos jovens tenham mais e melhores oportunidades, vamos valorizar nossos profissionais através de cursos, capacitações e melhores condições de trabalho. Vamos buscar também uma extensão da UPE (Universidade de Pernambuco) para que nossa cidade tenha uma universidade pública, pois queremos fazer muito mais pela educação, é o ponto fundamental da gestão.”, enfatizou o candidato.

Sobre a segurança, Geomarco assegura que buscará parcerias para efetivar ações dentro do município, pois apesar de considerar a cidade tranquila e familiar, ele ressalta que é necessário coibir ações de criminosas vindas de outras regiões. “Nós somos uma cidade que menos tem problemas de cunho policial e judicial, mas percebemos que estão acontecendo roubos de animais, principalmente no interior com as pessoas que vão comercializar na região, contudo, foi identificamos que os assaltantes vem de outras localidades para cometer esses crimes e nós vamos intensificar a segurança na área rural para inibir essas criminalidades. Além disso, procurar estabelecer uma parceria com o governo do Estado para que a cidade possa ter o Pelotão da Polícia Militar para atender a demanda da região e não só do município.”

Ao encerrar a entrevista, o candidato ainda fez questão de mencionar sua vontade em trabalhar pelo município. “Queremos realizar obras como a construção da PE 630, o Abatedouro com centro de beneficiamento de carne para que a cidade possa dentro das normas sanitárias vender carnes com cortes especiais para todo país, agregando valor ao produto e elevando a renda das famílias. Vamos trabalhar com muita força a questão do emprego e renda”, garantiu.

Na ocasião, ele agradeceu o apoio que tem recebido do povo e avaliou de forma positiva a campanha, mencionou a satisfação em compor a chapa com sua vice Josimara e agradeceu a todos que estão envolvido no pleito eleitoral, desde os vereadores da coligação aos coordenadores de campanha. “Fizemos uma campanha com harmonia e tranquilidade, só tenho a agradecer.” encerrou Geomarco.

Eleições 2016: “Chegou a hora de devolver tudo aquilo que Juazeiro me deu”, declara Marcio Feitosa

marcio-feitosa

O médio especialista em otorrinolaringologia e candidato a prefeito de Juazeiro, Marcio Feitosa, pelo Partido Republicano Progressista (PRP), concedeu entrevista ao Blog onde revelou sua motivação em disputar o pleito eleitoral no município e algumas propostas do seu plano de governo.

Filiado a partido político desde 2013, disputou eleição para deputado federal e concorre pela primeira vez a prefeitura de Juazeiro. Marcio comenta que não tinha pretensões políticas até ser questionado por um amigo, o qual provocou sua entrada na vida pública. “Na ocasião, ele me disse: você é uma pessoa capacitada e conhece o problema da sua cidade, é preciso que as pessoas sérias entrem também na vida pública. Então, eu fui refletir e percebi que tudo que eu tenho hoje devo a Juazeiro. Tenho 50 anos de idade, 25 anos de formado, chegou a hora de devolver tudo aquilo que Juazeiro me deu, principalmente, no que tange a minha área.”, conta Feitosa.

Durante a entrevista, o candidato pontuou algumas propostas para melhorar a saúde no município baiano, criticou a falta de remédios para as pessoas e a grande quantidade de esgotos a céu aberto. “Falta medicamentos para as pessoas, tem uma grande rede de esgotos que é um foco de doença e sabemos quando se investe em saneamento, se economiza em saúde. Então, com o propósito de fazer uma revolução na saúde, nós vamos buscar recurso de todas as formas até internacional para poder fechar esses esgotos de Juazeiro e evitar que ele vá cair diretamente no Rio São Francisco, construir as elevatórias e estações de tratamento de água para a população ter uma saúde melhor.”, mencionou Marcio.

E ele continuou assegurando que dará atenção especial a saúde. “Pois, eu cuido de pessoas, sei cuidar de gente e vejo que a saúde de Juazeiro acabou. Mas pretendemos criar um Centro de Especialidades para que as pessoas tenham acesso a consultas com especialistas de forma mais rápida, e para isso vamos realizar concurso público para médicos com carga horária de pelo menos 4h/dia, e o período será divido para consultas e cirurgias. Afinal, muitos especialistas não trabalham no setor público por conta dos contratos de oito horas diárias, e essa atitude já folgaria o SUS (Sistema Único de Saúde). Buscaremos promover atendimento específico ao idoso, através do cadastro para entrega via mototáxi de medicamentos de uso contínuo, além da elaboração de uma cartilha para prevenção de doenças e palestras para conscientizar a população. “, afirma Marcio.

Quando questionado sobre a educação, Feitosa revelou que os maiores problemas do setor estão no interior. “Observamos que as pessoas da sede estão bem assistidas. Porém, no interior é que começa o grande problema. Em muitas localidades não tem o ensino médio, apesar de não ser responsabilidade do município, essas pessoas tem dificuldades em estar na sede para concluir os estudos, por isso vamos fomentar uma forma de trazer as pessoas que querem estudar para a sede ou para localidades próximas onde tenha o ensino médio e vamos buscar o ingresso dessas pessoas na universidade e promover as mesmas chances que as classes média e alta. Elaborar juntos com os professores um plano de Cargos e Carreiras, e garantir capacitação constante para eles.”, enfatizou.

Em relação a segurança, ele frisa que é uma questão que precisa ser levada a sério, e a responsabilidade maior é do Estado, mas o município tem que contribuir para a eficácia das ações. “Pretendemos aumentar  o monitoramento de câmeras na cidade, fazer concurso pra Guarda Municipal armada fazer essa segurança e de alguma forma em parceria com a Polícia Militar buscar melhorar as condições de trabalho na cidade e depois veremos as medidas judiciais para cobrar o recurso do Governo do Estado, pois muitas vezes falta gasolina para a polícia fazer as rondas.”, alfinetou o candidato.

Além disso, Marcio comentou que pretende implementar ações para melhorar a mobilidade urbana na cidade, inclusive para incentivar a cultura, o turismo e a qualidade de vida dos moradores. Ele ainda pontuou a criação de um Núcleo de Dependentes Químicos com tratamento moderno para recuperação das pessoas em estado de vício, bem como o investimento nas áreas periféricas de Juazeiro para atender as necessidades da população.

Ao finalizar, o candidato criticou o modelo eleitoral e chamou de “farsa na democracia”. “A democracia não está sendo utilizada da forma mais correta no Brasil de uma maneira geral, principalmente, no espaço da televisão durante a propaganda política eleitoral. Eu fiquei com 18 segundos de propaganda por que meu partido não se coligou com ninguém e não o fizemos por entender que essas coligações são feitas para um loteamento da prefeitura, para que cada partido fique com determinada secretaria e isso não é uma maneira de se fazer política, onde há uma farsa na democracia, uma democracia de fachada para com a população do Brasil.”, protestou Feitosa.

 

Eleições 2016: “Somos prefeito de todos e não quero saber se votou ou não votou, eu quero é trabalhar!”, afirma o candidato a reeleição em Curaçá, Carlinhos Brandão

img_0029

Em entrevista ao Blog, o atual prefeito e candidato a reeleição no município de Curaçá, Carlos Luiz Brandão, mais conhecido como Carlinhos Brandão, que lidera junto com seu vice, o agricultor Fábio Mendonça, a coligação “O Trabalho Continua” composta pelos partidos PP, PV e PSDC, respondeu perguntas sobre saúde, educação e segurança, e ainda pontuou a sua motivação em continuar na gestão municipal.

Natural da comunidade de Patamuté, distrito de Curaçá, o atual prefeito diz que quer continuar o trabalho que já iniciou no município e comenta as dificuldades encontradas, principalmente, na política brasileira. “O motivo maior em participar de mais uma eleição, é a continuidade do trabalho que nosso governo vem fazendo. Em quatro anos não é possível deixar a casa em ordem, peguei a cidade com muitos problemas, mas estamos fazendo o máximo. O meu propósito é continuar trabalhando e concluir o que iniciamos em Curaçá, a nossa intenção é poder ajudar o meu município. Espero que o povo me dê mais uma chance, veja o que eu fiz e o que ainda posso fazer nessa caminhada. Pois no período do meu mandato foi um momento ‘terrível’ para a política brasileira, os recursos cada vez mais desaparecendo e nós tentando fazer ‘milagre’ para efetivar as ações na cidade.”, destacou Brandão.

Em relação a saúde, Carlinhos ressalta ser um problema nacional. “A gente sabe que a saúde hoje no Brasil é complicada, mas buscamos fazer o melhor na nossa cidade. Quem é de Curaçá sabe que nunca faltou médicos nos distritos e na sede. Infelizmente, os repasse ainda não são o bastante para tudo, temos um município muito extenso o que dificulta as ações, mas nosso foco maior é correr atrás para poder oferecer uma saúde cada vez melhor ao nosso povo.”, revelou.

Quando questionado sobre a educação, o candidato mencionou as distâncias entre os distritos e a sede municipal e enfatizou o setor como prioridade da sua gestão. “Nosso município há uma questão peculiar que são as distâncias entre a sede e os distritos, as vezes isso dificulta como já falei, mas temos feito um trabalho dando prioridade aos professores e a todos do setor educacional de Curaçá para que nos possibilite uma educação de qualidade.”contou.

Sobre segurança, o candidato reconhece que a responsabilidade é do governo do estado, mas frisou a importância dos gestores municipais contribuir para promover ações dentro das cidades. “Desde quando entramos na prefeitura, a gente procura fazer o melhor para que tenha segurança no município, tem a dificuldade da distâncias, mas procuramos dar condições para promover a segurança da população. Porém, sabemos também que as condições do Governo Estadual, Federal e Municipal não são boas, mas o que depende da prefeitura nós temos feito para garantir segurança municipal.”, argumentou Brandão.

Na ocasião, Carlinhos criticou grupos opositores e disse que não deveriam participar da política. “Alguns grupos não querem o bem do município, são pessoas que não deveriam estar participando da política. Quando ganhamos uma eleição, somos prefeito de todos e não quero saber se votou ou não votou, eu quero é trabalhar! Por que a partir do momento que eu chego no município como prefeito, eu sou empregado do povo! Então, temos que correr atrás do que é bom para nosso povo e não atrapalhar para que as coisas não aconteçam, pois estão atrapalhando o trabalho com o povo.”, afirmou.

Durante a entrevista, ele aproveitou para dizer aos eleitores sobre sua determinação em trabalhar por Curaçá e ressaltou sua admiração pelo o homem do campo. “Eu vou continuar a trabalhar pela cidade e ajudar o nosso povo com muito amor e carinho. Tenho um carisma muito grande ao homem do campo e peço mais uma oportunidade com o voto de confiança, pois quero continuar nosso trabalho, meu sonho é ver cada agricultor com sua aguada, seu poço para acabar com o sofrimento em relação a água para o povo da zona rural. Prometo buscar parcerias com o Governo Federal e Estadual para poder fazer mais pelo município.” finalizou.

 

Eleições 2016: “Meu projeto de vida iniciou nessa cidade, tudo que eu tenho eu devo a Lagoa Grande”, pontuou Vilmar Cappellaro

vilmar-capellaro

Em entrevista ao Blog, o candidato a prefeito de Lagoa Grande (PE), Vilmar Cappellaro (PMDB), que lidera a coligação “Avante Lagoa Grande” composta pelos partidos PMDB, PSD, PSDB, PTB, PMN, PPS, PTN, PHS, PR, DEM e PDT, contou um pouco sobre seus passos na política, suas propostas para saúde, educação e segurança, além de responder por que quer ser prefeito do município.

Filho de agricultor em uma família de 13 irmãos, Vilmar perdeu a mãe ainda quando criança e passou uma boa parte da adolescência no internato, onde se formou em Técnico em Agricultura. Ele relembra que chegou à Lagoa Grande com apenas 18 anos e iniciou sua vida profissional. “Meu projeto de vida iniciou nessa cidade, tudo que eu tenho eu devo a Lagoa Grande, ser prefeito do município é uma forma carinhosa de agradecer tudo que recebemos dessa cidade. Eu tenho um grande projeto para a cidade e quero trabalhar para todos.”, afirma Cappellaro.

Vilmar é filiado a partido desde 1996, concorreu a eleição para deputado, gerenciou o maior grupo agrícola do Vale do São Francisco, é membro-fundador da Associação dos Produtores e Moradores de Vermelhos e pela primeira vez disputa um pleito municipal.  “Eu sempre participei da política, todo processo político que ocorreu na região eu fiz parte, não na linha de frente, mas sempre estive junto, ajudei na emancipação do município e agora posso retribuir através de um mandato político.”, enfatiza.

O candidato pontuou algumas propostas para Educação, como a capacitação dos professores e reformas nas escolas. “Alem disso, quero diminuir a evasão escolar através de uma educação mais moderna interligada com a internet que leve informações do que ocorre no mundo para motivar os alunos, implementar cursinhos preparatórios para o Enem e concursos, promover parcerias com universidade para oferecer cursos técnicos e de nível superior, assegurar o fardamento escolar para que os estudantes tenham uma boa aparência contribuindo para a elevação da autoestima, ofertar merenda escolar contextualizada comprando os produtos da região, garantir transporte com segurança, implantar o programa ‘Família Feliz’ que vai abranger toda família, com assistência desde o nascimento de uma criança até a melhor idade, o qual visa a construção de creches dentro do modelo do ‘Nova Semente’, para que os pais trabalhem tranquilos, pois suas crianças serão bem assistidas.”, ressalta Cappellaro.

Vilmar é enfático quando o assunto é saúde, “nós queremos tratar as pessoas com igualdade, vamos trabalhar junto ao governo federal e estadual para construir duas AMES Especialidades, sendo uma em Vermelhos e outra em Jutaí, criar a clínica da mulher e a do homem para a realização de tratamentos preventivos, fortalecer o trabalho dos agentes de saúde para que seja realizado a prevenção de doenças, e quando as pessoas estiverem doentes o tratamento seja rápido e eficaz. Buscaremos manter um Centro Cirúrgico na cidade para cirurgias de baixa complexidade, criar um Centro Odontológico para que a população tenha acesso a outros tratamentos dentários que não seja apenas a extração dos dentes, adquirir ambulâncias equipadas para transportar os pacientes para um atendimento de alta complexidade em Recife e Petrolina.”, frisou.

Em relação a segurança, ele comenta que pretende trabalhar em conjunto com o governo do Estado de Pernambuco através de parcerias que reforcem a segurança em Lagoa Grande. “Pretendemos implantar sistema de monitoramento na cidade, criar a Guarda Municipal para preservar o patrimônio municipal e auxiliar a Polícia Militar, reforçar a iluminação pública, buscar junto a polícia trabalho preventivo através de rondas constantes, tanto na sede como no interior, para combater a violência contra a mulher e a criminalidade. Nós queremos trabalhar em conjunto com as igrejas, a polícia, os juízes e as escolas para combater a violência.”, assegurou o candidato.

Na ocasião, Cappellaro ainda comentou alguns projetos para a geração de emprego e renda dentro do município, como a criação de um distrito industrial por meio de incentivos fiscais, implantar áreas irrigadas com a otimização do uso da água com sistema de irrigação modernos para melhorar a produção, além de utilizar o modelo de caprinovinocultura desenvolvido na região de Dormentes para a cidade e incentivar a criação de galinhas de capoeira. “Lagoa Grande tem que entrar dentro do rumo do crescimento, nós vamos trabalhar para promover as ações, temos um sistema de gestão próprio que já é visto nas minhas empresas e a pessoas serão ouvidas na minha gestão.”, Finalizou.

...

Petrolina 121 anos: Encontro histórico reúne ex-prefeitos do município

ricardo-alves

Foto: Ricardo Alves

Em um momento histórico, o Programa Edenevaldo Alves da Rádio Petrolina FM reuniu nesta terça-feira (20), quatro dos ex-prefeitos de Petrolina. Geraldo Coelho, Augusto Coelho, Diniz de Sá Cavalcante e Guilherme Coelho concederam entrevista, interagiram com os ouvintes, relembraram suas histórias de vida e o desenvolvimento da cidade de Petrolina.

Na ocasião, Guilherme exaltou a cidade que completa 121 anos de emancipação política. “Essa cidade ela é mãe, trata todo mundo bem. A gente tem uma paixão, uma devoção por essa cidade, ela é importante pra gente mais do que tudo, ela é maior e não cabe nada que não seja em primeiro lugar sempre ela. Peço que Nossa Senhora Rainha dos Anjos continue nos abençoando e peço a todos que dê seu melhor para que nossa cidade seja cada vez mais alegre e próspera.”, destacou.

A ‘cidade dos impossíveis’ como é conhecida Petrolina, foi por diversas vezes homenageada na participação dos ex-prefeitos que fizeram questão de mencionar o povo petrolinense e a acolhida que oferecem a quem vem de fora, o pioneirismo de quem acreditou nessa terra e ajuda construir todos os dias uma cidade melhor, mais bonita e que se destaca.

Ao final, Augusto Coelho usou o Império Otomano para enaltecer as belezas da cidade. “Eu acho que a coisa que define mais Petrolina é a expressão “é uma sublime porta”, uma porta permanentemente aberta pra receber todo mundo, aqui nunca se distinguiu quem é daqui e quem veio de fora, quem vem para trabalhar é acolhido, é incorporado a vida da cidade. E que Petrolina continue assim, para abrigar  todos os que vem pra cá animado de bons propósitos para construir uma cidade cada vez melhor pra todos.”, finalizou.

Eleições 2016: “Fui testado! Preciso que o povo de Petrolina me dê oportunidade de ter um mandato”, declara Odacy Amorim

odacy-petrolina-fm

O candidato Odacy Amorim, do Partido dos Trabalhadores (PT), foi o terceiro prefeiturável a participar da série de entrevistas com os candidatos a prefeito do município na Rádio Petrolina FM. Com a promessa de fazer muito mais pela cidade, Odacy relembrou ações do seu breve mandato na prefeitura, respondeu aos questionamentos dos ouvintes e apresentou algumas propostas do seu plano de governo.

Ao ser perguntado por que merece ser prefeito de Petrolina, Odacy pontuou sobre seu sonho em ter um mandato e fez questão de mencionar sua atuação nos dois anos que foi gestor municipal. “As pessoas de Petrolina sabem do meu sonho de voltar a ser prefeito pra poder retomar um trabalho que iniciamos, pois foi um grande resultado para a cidade, como ruas asfaltadas e hospital de Pronto-atendimento 24h no José e Maria, que foi fechado quando eu sai da prefeitura e que eu preciso reabrir pra atender todos os bairros desse entorno.”, comentou.

Ele continuou falando sobre a saúde, prometeu obras e melhorias. “Vamos abrir um hospital 24h no Projeto Senador Nilo Coelho para atender as áreas irrigadas, outro em Rajada, transformar a AME de lá em um pronto-atendimento 24h para também atender o povo da área de Sequeiro e reforçar a saúde das áreas ribeirinhas.”, ressaltou Amorim.

Na ocasião ele criticou o aumento da violência na cidade fazendo comparativos com ações já antes implementadas no município. “Fui prefeito por apenas dois anos, mas enfrentei o problema da violência de frente, coloquei trinta viaturas na mão da polícia, fiz monitoramento eletrônico, investi no social. No meu mandato construímos 104 salas de aulas dentro dessa visão de segurança, do social e do cuidado com as pessoas. Para o futuro vamos fazer mais, pois a cada viatura que o governo de Pernambuco colocar em Petrolina, colocaremos outra, além de aumentar o efetivo da Guarda Municipal, que hoje tem o poder de polícia preventiva, para 320 guardas, a média de um guarda para cada mil habitante pra servir de apoio também a polícia.”, assegurou Odacy.

Com objetivo de cuidar da cidade, ele ressalta ações para o saneamento básico e falta de água para consumo humano. “Buscaremos retomar esse trabalho na área de saneamento e fortalecer a questão de água nas comunidades do interior, o tratamento de água das agrovilas, nas áreas de sequeiro, garantir água para o homem da roça aonde não chegar uma adutora, a prefeitura vai reimplantar o ‘Bolsa Água’, projeto que tivemos em nosso governo para garantir uma carrada de água para o cidadão ter água tratada na sua casa e na sua cisterna.”, defende o candidato.

Com o foco de gerenciar o recurso público, Odacy frisa a implantação de obras para diversas áreas. “Voltar a construir escolas de tempo integral, construir o novo Ceap com formato moderno que vai ser interligado com as áreas irrigadas, implantação de abatedouros de aves para melhorar a venda da galinha caipira e uma fábrica de leite em pó de caprinos, pois nós temos uma bacia leiteira no Pontal. Além das praças tecnológicas para os jovens com wi-fi livre e segurança 24h e investimentos na mobilidades urbana para a implementação dos ônibus elétricos.”, elencou Amorim.

Ao encerrar a sua participação, Odacy pediu apoio da população para defender seu projeto de governo e afirmou que buscará apoio fora para desenvolver ações em Petrolina. “Eu quero pedir que o povo dessa cidade abrace a nossa campanha, é um projeto popular, mas é um projeto arrojado olhando pra frente. Nós vamos buscar dinheiro em Brasília, em Recife, mas nós vamos cuidar bem do dinheiro de Petrolina, nosso foco vai está em gerenciar o dinheiro da cidade. Fui testado! Fui prefeito por apenas dois anos, eu preciso que o povo do município me dê oportunidade de ter um mandato, de voltar a prefeitura por que atuei e trabalhei, e garanto que vou fazer um governo ainda melhor.”, finalizou.

 

...

Eleições 2016: “Eu quero ser prefeito para tirar Santa Maria da Boa Vista do atraso”, frisa George Duarte

george-duarte

Militando na vida pública desde 1996, o candidato a prefeito de Santa Maria da Boa Vista, George Duarte (PSDB), acumula experiências como secretário de governo e vereador, onde já chegou a ser presidente da Câmara Municipal em um dos seus três mandatos. Em entrevista ao blog, George que integra junto com seu vice, o administrador e vereador de cinco mandatos, Anselmo Gomes, a coligação “Boa Vista tem jeito”, formada pelos partidos PSDB, PSB, PP, DEM, SD, PSOL, PV e PSC, contou sobre sua carreira política, criticou a saúde e a educação do município e apresentou suas propostas de governo.

“Ao logo desses anos me preparei na vida pública, por isso quero ser prefeito para tirar Santa Maria da Boa Vista do atraso, pra voltar a dar brilho nos olhos das pessoas e ter esperança no povo da nossa terra. Quero ser um prefeito que estará no dia-a-dia com a comunidade acompanhando os problemas, meus secretários vão ter que trabalhar, andar na cidade e no interior pra conhecer a necessidade da população.” ressaltou Duarte.

Aproveitando a oportunidade ele relatou orgulhoso sua integridade política, pois diante de tantos casos de corrupção, o candidato fez questão de frisas a aprovação das suas contas públicas. “Sou um dos poucos políticos que tem as contas aprovadas, sou ficha limpa! não tenho meu nome envolvido em nenhum ato ilícito, nem envolvido com coisas erradas, primo pelo recurso público que é dinheiro do povo e tem ser investido de fato nele.” comentou.

George criticou a educação e afirmou que a cidade ocupa o terceiro pior índice de educação do Estado de Pernambuco através da avaliação do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e em seguida, pontuou uma série de propostas para mudar a realidade educacional do município. “Queremos reestruturar o setor da educação começando na parte física, valorizando os professores, garantir uma merenda de qualidade aos alunos, assegurar material didático gratuito por parte do município que hoje não acontece, chegam a cobrar até fardamento. Melhorar o setor de educação do campo voltada para agricultura e área rural onde está o nosso povo, ampliar as salas de recursos multifuncionais onde os alunos especiais possa ter atendimento adequado, reativar o Departamento de apoio psicopedagógico onde atende na sede e no Projeto Fulgêncio.”, elencou o candidato.

Além disso, ele reforça também ações para áreas da educação profissionalizante e universitária. “Pretendo ampliar e diversificar os programas de capacitação continuada, incentivar a criação da guarda mirim do meio ambiente, estabelecer uma parceria com a Polícia Militar para um trabalho de cidadania nas escolas, implantar escola de cursos pré-vestibular e Enem para os estudantes carentes, firmar parcerias com o IF-Sertão e a Univasf, melhorar o transporte escolar municipal e o universitário, implementar a casa do estudante em Petrolina, onde há muitos filhos de Santa Maria que estudam nessa região, revisar o Plano de Cargos e Carreiras dos funcionários da educação, instalar sistema de monitoramento para acompanhar as escolas e premiar os docentes e discentes que conseguirem atingir o índice de desenvolvimento escolar, criar novas creches e fortalecer o sistema de avaliação da secretaria de educação e sua utilização como ferramenta de gestão.” reforçou o George.

Sobre segurança, o candidato é categórico ao frisar que tem que existir uma parceria do município com a Polícia Militar e a Polícia Civil, pois apesar da responsabilidade ser do estado, quem sofre são as pessoas da cidade, então, cabe a prefeitura colaborar. “É importante promover a instalação de câmeras de segurança, por que queremos que nessa parceria seja monitorada toda a cidade para que a polícia consiga atuar nos delitos em tempo real, e com as ações já realizadas nas escolas, a população vai exercer melhor sua cidadania e a guarda mirim vai contribuir com a polícia também. Porém, é preciso estabelecer a guarda municipal e o trabalho de trânsito na cidade que hoje é desordenado e causa insegurança na população, cobrar do estado um sistema carcerário para que as pessoas presas não sejam levadas para Petrolina ou Cabrobó como acontece, e esse trabalho seja realizado dentro da nossa cidade.”, enfatiza.

Quanto a saúde, George frisa que é necessário humanizá-la, pois não cuida bem das pessoas. “Posso falar com propriedade de saúde porque senti na pele o que a população de Santa Maria passa, tive câncer e se eu não tivesse condição financeira, eu nem sei se hoje eu estaria mais aqui… Mas agora estou curado. Nossa primeira missão é humanizar a saúde, capacitar os profissionais de saúde para atender bem as pessoas,  pois quando estão doentes elas precisam ser tratadas com carinho e respeito. Vamos reestruturar todo aparato de saúde da cidade, oferecer transporte gratuito para que os pacientes possa ir até a Unidade de Atenção Especializadas (UPAE) em outros municípios fazer seus tratamentos, consultas e exames, além de abrir uma casa de apoio para saúde em Petrolina para pacientes e familiares terem acomodações, melhorar a casa de apoio de Recife e colocar o Programa Saúde da Família em funcionamento pleno com médicos e dentistas inclusive no interior.”, assegura.

Ao finalizar a entrevista, o candidato pontua que quer promover outras ações em Santa Maria para que cidade valorize sua cultura através de calendário de atividade, traga o desenvolvimento, geração de emprego e renda, auto-estima dos jovens e promete buscar parcerias nos órgãos estaduais e federais, inclusive para a retirada da “tão sonhada usina de energia solar do papel.”, encerrou Duarte.

Eleições 2016- Afrânio: “Eu quero uma oportunidade para mostrar o nosso trabalho”, declara Dr. Rafael

img_9873

Com o nome escolhido pelo grupo político que integra, o advogado de 29 anos, Dr. Rafael ou Rafael de Peron como é conhecido disputa pela primeira vez uma eleição municipal em Afrânio, Sertão Pernambucano. Nascido e criado no município, desde criança convive com cenário político, já foi militante do movimento estudantil e hoje lidera como candidato a prefeito junto com o seu vice, o contador Cloves Ramos, a coligação ” A força de um tempo novo” composta pelos partidos PMDB, PSB e PT. Em entrevista ao Blog, Rafael contou sobre propostas para educação, saúde e segurança do seu plano de governo e o que lhe motivou a disputar o pleito eleitoral.

“Eu sou filho de Afrânio, apaixonado por minha cidade e não posso me conformar em ver nosso município que tem vocação para o desenvolvimento, está ‘patinando’ nas últimas colocações do Estado de Pernambuco em índices de desenvolvimento, por isso, aceitei o desafio de ser o candidato a prefeito de Afrânio. O nosso grupo político não concorda com as práticas dos atuais gestores, os quais estão há 40 anos administrando a cidade. Então, eu quero uma oportunidade para mostrar o nosso trabalho, queremos mostrar um trabalho diferenciado, pretendemos cuidar das pessoas, sobre tudo daqueles que mais precisam, alavancar o desenvolvimento com geração de emprego e renda para o nosso povo, para que nossos jovens não precisem se deslocar para as cidades vizinhas em busca de oportunidade.” argumentou.

Segundo ele, Afrânio hoje é um exemplo do que não deve ser seguido na área de educação, pois ocupa um dos piores índices do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), e os salários dos profissionais da educação são os mais defasados de toda região.

“Isso precisa mudar! Nosso projeto para a Educação é a implantação do programa ‘Nova Semente’ para atender crianças de 0 a 6 anos, garantir convênios  que aumentem a oferta de cursos superiores na cidade, oferecer merenda de qualidade com suporte nutricional em todas as escolas da rede municipal,  assegurar uniforme a todos os alunos, criação de escolas de tempo integral com aproveitamento e melhoria dos espaços já existentes, implantação de cursos preparatórios  pra o Enem e o IF-Sertão para que os filhos da cidade possam ter acesso a universidade e possam galgar posições de destaques em suas vidas profissionais, pretendemos firmar parcerias com instituições públicas e privadas para erradicar o analfabetismo em Afrânio e valorizar o profissional da área da educação.”, destaca o candidato.

Em relação a saúde, ressalta que pretende dar atenção especial ao setor oferecendo maiores cuidados a população e para isso vai priorizar Atenção Básica, valorizando o agente comunitário de saúde. “Necessitamos fortalecer o atendimento básico melhorando as estruturas, ampliando as equipes de saúde da família na sede e nos povoados com a contratação de médicos, enfermeiros, dentistas e agente comunitário de saúde. Promover ações de prevenção, principalmente câncer de mama, ginecológico e próstata, viabilizar o SAMU ou algum outro programa equivalente para atender a zona rural e urbana, garantir o fornecimento de medicamento na farmácia básica do município pra que ninguém precise tirar da sua feira pra comprar remédio, criar o programa ‘Nascer Afrânio’ que visa manter a maternidade em funcionamento pleno com atendimento humanizado e a realização de partos de riscos. Além disso, queremos implementar o programa ‘Afrânio de Coração’ que tem o objetivo de prevenir as complicações cardiovasculares  da nossa população através de atendimento eficiente aos hipertensos e diabéticos.” enfatiza Rafael.

Consciente que segurança é de maior responsabilidade do estado, o candidato não descarta a parcela do município e comenta que as cidades devem dar sua contribuição para que possa melhorar a segurança e reforçar a segurança pública.

” Nós vamos buscar promover ações para garantir segurança para as pessoas na sede e nos povoados, em especial no uso de equipamentos públicos, queremos implantar sistema de monitoramento nas ruas da cidade e nos principais distritos, pois a prefeitura contratou o sistema de monitoramento, mas devido a falta de pagamento apenas duas câmeras estão funcionando e nós queremos garantir o funcionamento pleno. Além de articular a implantação da 9ª CIPM, o aumento da frota e do efetivo policial, articular a criação da sede da Delegacia de Polícia Civil e ampliar a iluminação pública para prevenir a violência em todo o município.”, declara.

Ao finalizar, ele assegura que se eleito vai lutar dia e noite para que essa administração seja um marco na história da cidade, pois “Afrânio precisa ser governada por alguém que a trate como prioridade”, encerrou Rafael.

 

...

“Não há previsão de concursos em 2016”, diz ministro do Planejamento

ministro

O ministro do Planejamento, Valdir Simão, defende a reforma da Previdência Social pois, na sua avaliação, o modelo existente hoje é insustentável. Para ele, é preciso retardar as aposentadorias. Em entrevista ao Correio Braziliense após ser empossado pela presidente Dilma Rousseff, diz que trabalhará ativamente para que esse tema seja levado adiante. De acordo com Simão, o Planejamento não perderá o protagonismo econômico com sua chegada. Defende que o governo pague o mais rapidamente possível as pedaladas fiscais de R$ 57 bilhões, para que 2016 comece sem pendências. Segundo o ministro, devido às restrições fiscais, não estão previstos concursos públicos no ano que vem. Sobre o tratamento que será dispensado aos servidores, é enfático: “Precisamos ter um diálogo e uma relação respeitosa com todas as categorias”.

Como será a sua relação com os servidores públicos?

Os servidores públicos são muito importantes porque são eles que materializam e instrumentalizam a atuação do governo. E nós precisamos sempre ter um diálogo e uma relação respeitosa com todas as categorias. Cerca de 85% dos servidores já firmaram acordos salariais para os próximos (dois) anos. Faltam ainda categorias muito importantes e nós precisamos avançar. A minha disposição é conversar. E espero que o time do Planejamento busque as alternativas que possam ser compatibilizadas com a esforço fiscal que estamos fazendo.

Os concursos para o próximo ano estão suspensos?

Nós não temos a expectativa de novos certames para o próximo ano, e isso vai depender muito do cenário fiscal. Esse é um tema que vamos aprofundar, analisar com bastante cuidado e tomar as decisões que busquem sempre o equilíbrio entre o resultado fiscal e a retomada do crescimento.

Qual será o papel do Ministério do Planejamento daqui por diante? A pasta perderá o protagonismo na definição da política econômica?

O Ministério do Planejamento tem capacidade de formulação área econômica. As rotinas e os processos de trabalho estão muito bem definidos. Do ponto de vista da execução orçamentária, o Planejamento administra o Orçamento e garante a boa execução. E as decisões em relação ao Orçamento são tomadas na junta orçamentária, que reúne o centro do governo, Casa Civil, Fazenda e Planejamento. Portanto, temos protagonismo e vamos continuar tendo. Do ponto de vista das reformas, também. A principal reforma que precisamos evoluir é a tributária. Essa tem no Ministério da Fazenda o seu protagonismo. Com relação à reforma previdenciária, ela alcança os demais ministérios. E, nesse caso, inclusive o Planejamento e eu, pessoalmente, por ser minha área de formação.

...

Após 39 anos, professora Terezinha Teixeira deixa direção do Colégio Dom Bosco: “Saio com a consciência tranquila”

dom

Após quase 40 anos à frente do tradicional Colégio Dom Bosco, a diretora e professora Terezinha Teixeira Coelho deixará o cargo na próxima semana, quarta-feira, dia 3o.

Uma história de fé, educação e trabalho serão as marca deixadas pelo exemplo e profissional que foi a professora Terezinha.

Em entrevista exclusiva ao blog, a educadora conta como era a escola assim que assumiu a instituição no dia 18 de janeiro de 1976.

“A insistência foi grande para assumir o colégio pelo bispo Dom Gerard Andrade Ponte e meu nome foi o escolhido como referência, pelo meu dinamismo, vivacidade, meu trabalho engajado desde estudante e disse sim para fazer a educação em Petrolina. Foram anos de luta e trabalho e cheguei na época em que o Colégio completava 50 e ele não tinha nada e pensamos logo no pedagógico da escola e também num espaço adequado aos alunos. Temos quadra, música, dança que completam o que nossas residências não oferecem e elaboramos no início uma sessão de envolvimento de ex-alunos e ex-professores da comunidade, uma sessão literária do Dom Bosco com o professor Humberto da Costa Soares que foi vereador no município de Petrolina e  deixou marcas na consciência, em almas das pessoas e até hoje o Dom Bosco é referência”, conta.

Terezinha Teixeira logo que assumiu, se empenhou em conquistar a inauguração do laboratório de análise química, sem recursos na época,  e em seguida foi construída a biblioteca professor Humberto da Costa Soares.

A professora não esquece de agradecer a Diocese de Petrolina, aos padres e  em nome do bispo Dom Malan que fez o possível em tornar o Dom Bosco numa instituição conhecida no mundo.

“Todos estão vivos! Alguns  se foram, mas a história fica nos anais do Dom Bosco. A Dom Paulo Cardoso e Dom Manoel de Farias pela confiança em construir algo que ficará para sempre na memória e as autoridades locais, estaduais e nacionais e aos que acreditaram no meu trabalho, a imprensa e ao carinhoso Edenevaldo Alves, aluno dedicado e que abriu espaço com sua profissão aos interesses da escola. Tudo passa, mas a história e a ajuda dos amigos não”, ressaltou Terezinha.

O Colégio Dom Bosco irá completar 90 anos em 2016 e é pioneiro na criação de um sistema de informatização para os alunos da região, projeto esse aprovado por Terezinha que também revelou os motivos da sua saída.

“São 40 anos, acredito que é tempo para uma nova equipe e também por motivos de saúde e devo pensar na minha qualidade de vida, nos meus trabalhos individuais, vou ler mais, ficar mais informada, mas nunca deixarei de pertencer ao Dom Bosco”, revelou Terezinha Teixeira que deixa o cargo com o orgulho e a afirmação de dever cumprido.

“Saio com a consciência tranquila, se não fiz o que deveria fazer, me desculpem, mas o que fiz foi por amor a educação, a criança, o jovem, o adolescente. Educar é coisa do coração, eu agradeço a sociedade petrolinense por tudo. Tenho certeza que o colégio Dom Bosco desde a sua fundação até hoje respeita o petrolinense e quero levar esse conhecimento pelo meu trabalho para sempre como as mãos generosas que plantam o amor. As famílias que me deram tanto apoio, aos alunos espalhados pelo Brasil e no mundo. Não é despedida, é o recomeço de uma nova história”, finaliza.

O Padre Antonio Moreno será a partir de Janeiro de 2016 o novo diretor do Colégio Dom Bosco, em Petrolina. O sacerdote possui 30 anos de ordenação na Igreja Católica e é considerando uma referência na educação do Vale do São Francisco.

...

Professor agredido por policial em Juazeiro, entrará com ação no ministério público

nilton

O Professor Doutor Nilton de Almeida, que atua no Colegiado de Ciências Sociais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Juazeiro – BA, entrará com uma ação no ministério público, a fim de que seja feita justiça, diante do fato que ocorreu na manhã do último sábado (28), no qual foi agredido física e moralmente durante uma abordagem policial. “Estou conversando com meu advogado e com instituições que discutem igualdade racial”, revelou.

Acompanhado por sua esposa e pelo reitor da Universidade, Julianeli Tolentino, além do vice-reitor, da chefe do setor de gestão de pessoas, da assessora de comunicação e do advogado da Univasf, Nilton de Almeida prestou uma denúncia nesta terça (01) na corregedoria do Comando de Policiamento Regional Norte (CPRN), situado na Orla da cidade.

“A reitoria também fez uma queixa cobrando providências e pretende cobrar, diretamente, do governador da Bahia, uma posição sobre isso que aconteceu comigo, por meio da Secretaria de Relações Institucionais”, contou.

O caso

Nilton de Almeida foi agredido por um dos policiais militares que faziam ronda nas proximidades de sua residência, no bairro Alto do Cruzeiro, na cidade de Juazeiro, BA. Ao confirmar a veracidade dos documentos da motocicleta que portava, recebeu um tapa do rosto de um dos policias, que alegou desacato, e foi algemado e encaminhado para a delegacia, sendo liberado posteriormente.

“Eu estava indo para o dentista, abri o portão eletrônico da minha garagem. Eu tinha visto eles lá embaixo e não achei que fosse acontecer absolutamente nada demais. Até porque, tem uma equipe trabalhando aqui, há quase um ano, e eu nunca vi eles humilhando ninguém, batendo em ninguém. (…) Eu acredito que é possível você fazer o trabalho sem descumprir a lei, por que, pra mim, houve um claro descumprimento da lei e houve uma ofensa moral, não só a mim, como aos moradores do bairro também”, expõe.

Coordenador do Mês das Consciências Negras e um dos representantes do movimento negro na região, Nilton acredita ter sido vítima de racismo e alerta que a população negra do país deve ter cautela, quanto a esse tipo de atitude.

“Nesse país, nós negros, temos que tomar muito cuidado, em vários espaços. Não só nessa situação, mas, nos espaços privados, até na própria universidade. Isso é injusto, é desigual, mas é assim que é”, conclui.

A Polícia Militar foi contatada para esclarecer os fatos, mas, até o fechamento desta matéria não obtivemos resposta.

Cantora Andréa Vitória lança novo trabalho e conquista público através do sertanejo universitário

andrea

A talentosa Andréa Vitória que se destacou para o público do Vale do São Francisco ao cantar junto com Jorge & Matheus no São João de Petrolina, acaba de lançar o seu novo CD volume 4: “Amanhã eu te devolvo”. Esse é o título de uma, das 10 canções inéditas gravadas em um trabalho que a artista de 14 anos considera um marco na sua carreira como cantora do estilo que está conquistando cada vez mais o público, o sertanejo universitário.

Tudo começou aos 5 anos de idade, quando Andréa interpretou canções de Ivete Sangalo em um casamento, em que foi dama de honra no município de Afrânio-PE.

“Eu sempre tive vontade de cantar, nasci com a música na veia e cresci ouvindo Amado Batista, dançando Banda Calypso, Aos 9 anos compus minha primeira canção, que se chama “sozinha”, aos 10, lancei meu primeiro CD e depois não parei mais de produzir músicas inéditas, sempre tive inspirações em Jorge e Mateus e Paula Fernandes”, contou.

Andréa Vitória revelou que o seu estilo no início era algo com uma produção mais românticas e que agora, aposta nas canções mais dançantes como músicas “chiclete”, aquela que fica marcada na mente das pessoas e não consegue mais parar de cantar.

“As músicas são fitas para conquistar as pessoas, eu busco ingressar na carreira desde os 7 anos com muitas dificuldades e venho lutando sabendo que nunca é fácil, todos sabem disso, mas um dia a gente chega lá”, declarou.

A adolescente contou quando subiu ao palco de Jorge e Mateus no São João de Petrolina cantando a música ‘Pássaro de Fogo’ de Paula Fernandes, para um público estimado de 50.000 pessoas.

“Deu aquele frio na barrigas e foi uma emoção saber que o meu trabalho começava a ser reconhecido e hoje, Jorge e Mateus são meus parceiros e sempre quando encontro eles é só alegria, eles são humildes. Além deles, estou buscando parcerias com Zélia Santti, que escreveu a maioria das músicas do meu novo CD, ela gostou muito da minha voz”, revelou.

Andréa ressalta também como encarar o cenário artístico com tantos taletos que vem surgindo, assim como ela e avalia o gosto musical das pessoas na atualidade e diz que não há concorrência em um mercado tão plural como hoje.

“Não vejo tanta concorrência. Eu vejo hoje que as pessoas gostam do eclético, escutam forró, sertanejo, pagode, arrocha, o pop que está muito em alta, mas vejo que o público gosta muito da música romântica e do estilo mais dançante e atualmente, para surgir de repente tem que lutar bastante para conquistar as pessoas que estão acostumadas a ouvir artistas já consagrados, isso á natural”, avaliou.

Para conhecer e adquirir o novo trabalho de Andréa Vitória, CD Volume 4,  basta acessar a página da cantora no facebook pesquisando o seu nome e também no instagram, “AndreaVitóriaOfficial”. As pessoas podem ainda baixar suas músicas no site suamusica.com ou entrar em contato pelos telefones: (87) 8805-0003 / 9988-7670.

Entrevista: Banda Calypso encerra festa de Santo Antônio em Pilão Arcado e comemora 15 anos de carreira

calypso1

Com duas horas de show, a Banda Calypso, ritmo de Belém de Pará encerrou as festividades de Santo Antônio em Pilão Arcado, Norte da Bahia realizado entre os dias 11 e 13 de Junho.

O público compareceu em massa, no pátio de eventos do município na noite deste sábado (13), embalados ao som de carimbó, lambada, merengue, forró e do próprio Swing “Calypso” inaugurado em 1999 pelo casal Joelma e Chimbinha.

A dupla concedeu entrevista exclusiva ao blog e mencionaram o carinho das pessoas do nordeste e do município de Pilão, que segundo eles sempre deram a oportunidade de brilharem no palco comparecendo e aprovando a estrutura montada pela banda e agradeceram através da entrevista concedida ao blog aos petrolinenses, já que o grupo estaria programado para uma apresentação no São João do Vale.

“É a segunda vez que  estamos em Pilão Arcado a pedido do público Bahia uma programação também em Petrolina, mas por motivo de agenda, ficaremos para outra oportunidade e agradeço o carinho do Vale do São Francisco e do nordeste, que foram lugares onde demos início a nossa carreira”, frisou Joelma Mendes.

O guitarrista Cledivan De Almeida Farias, ou “Chimbinha” como é conhecido falou da comemoração dos 15 anos da banda em um DVD gravado em Belém do Pará. “Fizemos com muito carinho e serviu para mostrar que não deixamos de estar nas paradas de sucesso, a banda está sempre inovando”, disse.

A cantora Joelma, aos 40 anos de idade frisou que o show em Pilão Arcado foi mais um de sua maratona, onde ela dança e canta ao mesmo tempo no palco, sem intervalos e ainda teceu duras críticas àqueles que segundo a cantora, “jogaram pedra” no trabalho da banda.

“Tenho que me alimentar, malhar e dormir bem para chegar no palco e dar conta do recado e apesar disso sempre fui muito criticada, mas eu não ligo, eu agradeço por aqueles que me jogaram pedras, foram com elas que eu construí a minha carreira, sucesso e cheguei aonde estou “, revelou.

O prefeito de Pilão Arcado, Joãozinho Porfírio parabenizou a apresentação da Calypso e disse que apesar da crise nos municípios, o público segundo ele não poderia ficar sem festa.

“Estamos em crise, diminuímos os gastos, dessa vez gastamos em média R$ 400 mil reais, mas em temos de dificuldades precisamos manter a alegria do povo e trazer Calypso pela segunda vez, reflete o talento da banda e eles transmitem felicidade para as pessoas”, argumentou o prefeito.

Vale lembrar que durante esses 15 anos de carreira a banda Calypso já soma 21 CDs lançados, sete DVDs, prêmios importantes da música brasileira, indicações ao Grammy, trilhas sonoras de filmes, seriados e novelas, turnês nacionais e internacionais (Europa, EUA, África, etc), apresentam o segundo maior fã clube do Brasil, além de serem os únicos artistas brasileiros a conquistar o prêmio de diamante quíntuplo.