Agricultura

Em Lagoa Grande, toma posse a nova diretoria STR

Foto: Divulgação

A solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores de Lagoa Grande (STR) aconteceu no sábado (18), na Câmara de Vereadores do município. Entre os membros eleitos estão: Presidente, José Ivo Lopes da Silva; diretora de formação, organização e coordenação de mulheres, Marineide Pereira dos Santos; diretor de finanças e politica salarial, José Estevão Barbosa; diretor de política agrícola, agrária e meio ambiente, Edilson Saraiva de Souza e mais dez membros fazem parte da diretoria.

O vice-prefeito de Lagoa Grande-PE, Ítalo de Vilma, esteve presente na solenidade e representou o prefeito Vilmar Capellaro.

PAA destina cerca de R$ 1,5 milhão para aquisição de produtos oriundos da agricultura familiar

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), lançado em Petrolina nesta sexta-feira (10), destina cerca de R$ 1,5 milhão para a Prefeitura comprar produtos diretamente de trabalhadores da agricultura familiar. PAA beneficiará em torno das 300 agricultores com a aquisição de produtos a preço de varejo sem a interferência de atravessadores para garantir maior margem de lucro aos pequenos produtores. Além da compra direta, o município irá ajudar no transporte do material e no acompanhamento logístico do programa. 

Todos os produtos adquiridos através do PAA serão doados a entidades socioassistenciais cadastradas na Secretaria de Desenvolvimento Social e com perfil voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade. “Esse programa é muito importante para os agricultores mas também fortalece todas as nossas ações sociais no combate à fome”, ressaltou Kátia Carvalho, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.  

Os produtores podem se inscrever no PAA na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na Rua Santa Cecíli,a nº 35, Vila Mocó. Para participar, é necessário atender aos critérios do Governo Federal como estar no Pronaf. O atendimento na Secretaria ocorre de segunda à sexta, nos horários das 7h às 13h e 14h às 18h. 

Programa de Aquisição de Alimentos será lançado nesta sexta-feira em Petrolina

Visando promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar, a Prefeitura de Petrolina lança, nesta sexta-feira (10), o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

A cerimônia tem início às 17h, na Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e contará com a presença do Prefeito Miguel Coelho. A proposta é adquirir gêneros alimentícios direto dos agricultores familiares.

Petrolina é a cidade pernambucana que recebe o maior montante de recursos nesta modalidade do PAA. A prefeitura espera que o programa beneficie 302 agricultores da cidade e movimente um recurso de R$ 1.509,286,16.

Todos os produtos adquiridos, através deste programa, serão doados a entidades socioassistenciais cadastradas e voltadas para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Podem participar da chamada pública do PAA agricultores familiares que estejam inscritos no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Os detalhes sobre o edital do PAA foram discutidos na última semana durante uma reunião que contou com a presença de representantes do Conselho de Desenvolvimento Rural; Conselho de Segurança Alimentar; Sindicato dos Trabalhadores Rurais; Secretaria de Agricultura e Secretaria Executiva de Desenvolvimento Social. O edital está em fase de conclusão e deve ser publicado no Diário Oficial do Município ainda esta semana.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos fica localizada na Rua Santa Cecília nº 35, Vila Mocó.

Instituições formulam documento para liberação do Garantia Safra em Petrolina

Foto: Divulgação

Na busca para solucionar os problemas referentes ao Programa Garantia-Safra, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, se reuniu com representantes do Instituto Pesquisas Agronômicas (IPA); do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS). A reunião aconteceu nesta segunda-feira (06), no auditório do STR.

Na ocasião, foram apresentadas algumas medidas que estão sendo tomadas pela Comissão Municipal do Programa Garantia-Safra, no sentido de passar informações sobre o bloqueio do pagamento aos agricultores e o encaminhamento de um documento à Casa Civil, para que seja liberado o pagamento de janeiro para o mês de fevereiro.

O bloqueio aconteceu devido a um problema no cadastro relacionado ao Código de Endereçamento Postal (CEP), das 3.214 famílias que deveriam receber a primeira parcela de janeiro, apenas 289 famílias foram incluídas na folha de pagamento.

No total, as famílias vão receber R$ 850 depositados em cinco parcelas mensais de R$ 170 através da Caixa Econômica Federal ou correspondente bancário, nas mesmas datas do calendário do Bolsa Família.

Em Lagoa Grande, Agricultores que tiveram o ‘Garantia-Safra’ rejeitado tem até dia 28 para regularizar cadastro

Foto: Divulgação

Agricultores de Lagoa Grande (PE) cadastrados no programa Garantia Safra 2015/2016, que não receberam seus benefícios por pendências nas documentações, deverão se dirigir a secretaria de Agricultura do município até dia 28 deste mês, para atualização e regularização do cadastro.  Os interessados deverão levar cópias e originais dos seguintes documentos: RG, CPF, NIS e comprovante de endereço atualizado. O atendimento é de segunda a sexta feira, das 08h ás 14h.

Segundo o MDA, o seguro no valor de R$ 850, é disponibilizado em cinco parcelas e começará a ser pago ainda neste mês. Estão contemplados os agricultores que aderiram ao programa e tiveram perdas de no mínimo 50% da produção devido à seca. Os recursos provêm do Fundo Garantia-Safra e é para agricultores familiares com renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo, que plantam entre 0,6 e 5 hectares sujeitos a perda de produção em função da seca da área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE).

O secretário de Agricultura de Lagoa Grande ressaltou a importância do programa para os agricultores “Esta parceria dos governos municipal, estadual e federal ajudam em muito os pequenos produtores. Os efeitos da seca prolongada atingem diretamente no sustento e na qualidade de vida dos mesmos, principalmente na região de sequeiro. Vamos envidar todos os esforços para que nenhum agricultor, contemplado por esta faixa de renda do programa, fique sem este seguro” destacou Reginaldo Alencar.

Em Casa Nova, moradores de Cacimbinha recebem prefeito para debater demandas da comunidade

Foto: Divulgação

Atendendo a convite de moradores, o prefeito Wilker Oliveira Torres participou, neste domingo (05), de reunião na comunidade de Cacimbinha, na zona rural de Casa Nova-BA. Durante a visita, Wilker ouviu dos presentes as suas principais demandas, como o apoio a agricultura familiar, melhor atendimento nas áreas da saúde e da educação, melhoramento do acesso à comunidade através das estradas, entre outras.

O prefeito esteve acompanhado da Diretora do SAAE de Casa Nova, Dagmar Nogueira, do Chefe de Gabinete, Cosme Coelho, dos líderes comunitários Naldinho, Louvecy e Domingos, além da vereadora Maria Regina e o vereador do município vizinho de Remanso, João Pinga Pinga. Na ocasião, Wilker se comprometeu a buscar formas de atender da melhor forma possível às necessidades da localidade.

“Faço questão de destacar sempre a importância de estar perto e sempre ouvir a população. Por isso, junto com a minha equipe, não medimos esforços para manter esse relacionamento. Para nós, não importa se é sábado, domingo ou feriado, o que importa é poder resolver os problemas do nosso município”, enfatizou Torres.

...

Em encontro com produtores, Guilherme Coelho reforça que sonho do Pontal está próximo a se concretizar

Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (03) o Deputado Federal Guilherme Coelho (PSDB/PE) participou do encontro com produtores rurais do Vale do São Francisco, para discussão da Lei 13.340/2016, que autoriza a liquidação e a renegociação de dívidas de crédito rural.

O evento reuniu o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, o Presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, o senador Fernando Bezerra, entre outras autoridades políticas da região, além de membros da comunidade ligados ao setor.

Em sua fala, Guilherme Coelho relembrou todos aqueles que atuaram na Lei de renegociação das dívidas, desde a concepção na Câmara dos Deputados à sanção pelo Presidente da República.  “Eles foram gigantes”, definiu o Deputado.

Na oportunidade, Guilherme também reforçou mais uma conquista para os agricultores da região, que é o andamento do Projeto de Irrigação Pontal. “Este é um presente que o Senador Fernando Bezerra e eu estamos cuidando com muito carinho. Eu tenho certeza que o projeto Pontal se tornará realidade”, argumentou.

Pela luta que vem desempenhando no caso, o Deputado acredita que no início do próximo ano o governo estará licitando os primeiros lotes em funcionamento do Projeto Pontal.

 

Presidente do BNB estará em Petrolina nesta sexta-feira (03) para encontro com produtores rurais

Foto: Divulgação

A renegociação das dívidas rurais é o tema de um encontro do presidente do Banco do Nordeste (BNB), Marcos Holanda, o prefeito Miguel Coelho e o senador Fernando Bezerra com os produtores rurais do Vale do São Francisco. O evento ocorre  nesta sexta-feira (03), às 10h, no auditório do Sest/Senat de Petrolina.

...

Agricultores se reúnem com representantes do Mapa e discutem modelo de assistência técnica em Petrolina

Foto: Divulgação

Dois líderes do Sindicato da Agricultora Familiar (Sintraf) estiveram nesta quinta-feira (19) na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), no centro de Petrolina, Sertão de Pernambuco, para discutir detalhes sobre a assistência técnica que o Ministério da Agricultura (Mapa) promoverá para os pequenos produtores do município.

Entre os presentes na reunião estavam a presidente do Sintraf, Isália Damacena, o secretário de políticas agrícolas da entidade, Natalício Luíz, além de representantes do Mapa, entre eles Michel Ferraz (coordenador geral de produção) e Pedro Corrêa (diretor da secretaria nacional do Produtor Rural e Cooperativismo), e superintendentes da Codevasf, instituição que será responsável pela aplicação do treinamento técnicos dos agricultores em Petrolina.

De acordo com Michel Ferraz, o Mapa vai criar turmas como a de Produção Orgânica a partir de fevereiro. A previsão, segundo ele, é que todo mês um técnico também faça visitas aos agricultores familiares de orgânicos. “O objetivo é que esses produtores levem suas demandas aos técnicos, de modo a serem resolvidas”, disse.

Perguntado sobre o andamento da iniciativa, o coordenador geral afirmou que o Mapa está “fazendo a seleção dos técnicos”. “Serão pessoas de proficiência e que devem contribuir para a produção local“, indicou Ferraz.

O secretário do Sintraf, Natalício Luíz, aproveitou a indicação do coordenador para expor as expectativas do agricultor familiar. “Precisamos de técnicos que expliquem sobre conteúdos que não temos conhecimento ou domínio, como a aplicação adequada de produtos naturais orgânicos”, exemplificou.

Paulo Câmara marcará presença na solenidade do Chapéu de Palha em Petrolina na próxima segunda (23)

Para marcar o início das atividades do programa Chapéu de Palha 2017, haverá uma solenidade no Centro de Convenções em Petrolina, na próxima segunda-feira (23), a partir das 8h, com as presenças do governador Paulo Câmara e do secretário de Planejamento e Gestão Márcio Stefanni, entre outras autoridades. Na data, o Governo de Pernambuco começa a cadastrar trabalhadores e trabalhadoras da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco para serem beneficiários do programa.

As inscrições para a edição 2017 do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada seguem até o dia 27 de janeiro e poderão ser realizadas em 14 polos distribuídos nos municípios de Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó, Petrolândia, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. Podem se inscrever trabalhadores rurais, auxiliares de câmara fria e de casa de embalagem, embaladores ou tratoristas, maiores de 18 anos, que tenham trabalhado com registro em carteira pelo período mínimo de 30 dias corridos entre 1º de junho e 31 de dezembro de 2016. Também é preciso ser morador de um dos sete municípios contemplados no programa, citados acima, não sendo aceitos trabalhadores residentes em outras cidades.

Este é o 11º ano consecutivo do Programa Chapéu de Palha desde que foi reeditado, em 2007, pelo então governador Eduardo Campos. Originalmente criado em 1988 por Miguel Arraes, o programa era exclusivo para os trabalhadores rurais da cana-de-açúcar. Em 2009, a ação chegou até os trabalhadores rurais da fruticultura irrigada. Em 2012, os pescadores artesanais foram inseridos no programa.

Em 2015 e 2016, o Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada beneficiou mais de 20 mil trabalhadores e trabalhadoras. Somando as três modalidades (cana, fruta e pesca), o programa beneficiou cerca de 100 mil pessoas nos dois últimos anos.

Durante a entressafra, os trabalhadores inscritos no Chapéu de Palha recebem uma bolsa complementar ao programa federal Bolsa Família. “Apenas um membro por família poderá ser aprovado para recebimento do benefício, pois seguimos o critério do núcleo familiar registrado no Cadastro Único do governo federal, atualizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social”, explica o gerente geral de Articulação Institucional da Secretaria de Planejamento e Gestão e coordenador do programa, Humberto Vianna.

Documentos 

Nos dias de cadastramento, os trabalhadores precisam levar os originais e cópias dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência, número do PIS ou NIS (cartão cidadão ou Bolsa Família), Carteira de Trabalho e contrato de trabalho rescindido. No ato do cadastro, os participantes recebem o cartão de frequência. Quem já possuir este documento, por ter participado do programa em anos anteriores, deve apresentá-lo no momento do cadastramento.

Para saber mais detalhes sobre os locais de cadastro, os trabalhadores podem ligar para o número 0800.282.5158.

POLO DE CADASTRAMENTO ENDEREÇO
Polo 01 – Centro de Convenções (Petrolina) Av. 31 de Março, S/N, Centro
Polo 02 – Bebedouro – Escola Estadual Antonio Nunes dos Santos (Petrolina) Av. Principal, s/n, N S 01
Polo 03 – Maria Tereza – Escola Municipal José Esmerindo Ribeiro (Petrolina) Av. Principal, S/N, Vila – Km 25
Polo 04 – Agrovila Massangano – Escola Estadual Manoel Messias Barbosa (Petrolina) Av. Principal, S/N
Polo 05 – N-04 – Escola Estadual Manoel Alves Nogueira (Petrolina) Rua B, S/N, Projeto Senador Nilo Coelho
Polo 06  N-1O – Escola Estadual Poeta Carlos Drummond de Andrade (Petrolina) Av. Principal, S/N, Projeto Senador Nilo Coelho
Polo 07 – Tapera – Escola Félix Manoel dos Santos (Petrolina) Av. Principal, S/N, Estrada da Tapera
Polo 08 – Escola Estadual Santa Maria – Lagoa Grande Rua dos Estudantes, 188 – Centro
Polo 09 – Escola de Referência em Ensino Médio Dom Helder Câmara – Lagoa Grande / Vermelhos Av. Principal, S/N – Vermelhos
Polo 10  Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Belém do São Francisco Av. Cel. Jerônimo Pires, 1124 – Centro
Polo 11 – Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Maria da Boa Vista Rua Joaquim Nabuco, 229 – Centro
Polo 12  STR Petrolândia Rua Dantas Barreto, 109 – Centro
Polo 13  STR Cabrobó Av. Presidente Castelo Branco, 558 – Centro
Polo 14   STR Orocó Av. Prof. Ulisses Novaes Dione, 56 – Centro

...

Começa hoje (18) pagamento do Garantia-Safra em Petrolina

Os agricultores familiares inscritos no programa Garantia­-Safra começam a receber hoje (18) os valores referentes à safra 2015/2016, em Petrolina. A Portaria nº 39 do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que prevê o pagamento, foi publicada no Diário Oficial da União na última terça-feira (17).

Neste mês, mais de 3 mil famílias vão receber R$ 850,00, depositados em cinco parcelas mensais de R$170,00 através da Caixa Econômica Federal ou correspondente bancário, nas mesmas datas do calendário do Bolsa Família.
O Garantia-Safra é uma ação voltada para agricultores familiares que se encontram em municípios sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas.

Em Petrolina, o Garantia-Safra é operacionalizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, por meio de várias ações. Entre elas, estão o recebimento de inscrições, a emissão dos laudos técnicos de verificação do plantio e de casos onde há perdas. Além disso, a Secretaria apoia a divulgação do programa.

Os agricultores que não possuem cartão cidadão ou bolsa família devem se dirigir até a Secretaria de Desenvolvimento Rural, que fica localizada na Avenida Honorato Viana, Nº 948, Bairro Gercino Coelho, próximo à UPA, para pegar uma autorização e receber o benefício.

Valores do Garantia Safra
O benefício é pago com recursos do Fundo Garantia-Safra, composto por contribuições do agricultor, do município, do Estado e da União. Na safra 2015/2016, a contribuição do agricultor foi de 2% do valor do benefício (R$ 17,00), o município paga 6% (R$ 51,00 por agricultor); o Estado contribui com 12% do valor ao Fundo (R$ 102,00) e a União paga, no mínimo, 40 % (R$ 340,00 por agricultor que aderir ao Garantia-Safra).

...

Implantação do Programa de Aquisição de Alimentos é discutido em Juazeiro

Foto: Divulgação

A implantação do Programa de Aquisição de Alimento (PAA Leite) em Juazeiro, foi pauta de uma reunião nesta terça (17), tendo como representações a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, a empresa Laticínio Bom Sabor, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ) e a Cooperativa da Agropecuária Familiar de Juazeiro e Região (COOAFJUR).

O programa visa fomentar o fortalecimento e desenvolvimento da cadeia produtiva do setor leiteiro local, contribuindo para redução da vulnerabilidade social e a desnutrição infantil. Para o proprietário do laticínio Bom Sabor, Marcio Araújo o trabalho deve ser desenvolvido em conjunto com toda cadeia. “A comercialização do leite é um viés que dá sustentabilidade ao produtor e um dos papeis do Laticínio é beneficiar e armazenar esse leite de forma adequada. O PAA incentiva o consumo do leite e o desenvolvimento da cadeia”, disse.

O presidente da COOAFJUR, Emerson José da Silva (Mitu), informou que a cooperativa foi criada para dar suporte na comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar. “Acredito que o PAA Leite irá fortalecer o pequeno agricultor impulsionando a geração de renda e o abastecimento familiar com a distribuição gratuita de leite para as unidades recebedoras e familiares inscritas no CadÚnico com NIS”, informou.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Maraiza Carvalho falou da necessidade de fazer um novo convênio com o Governo do Estado via cooperativa e laticínio para inserir além do leite de vaca o leite de cabra no programa. “A região possui um grande potencial para a produção de leite de cabra, por esse motivo, vimos à necessidade de inclui-lo. Além dos produtores de Juazeiro, produtores de outros municípios poderão ser integrados no programa”, observou a secretária.

O PAA Leite beneficiará crianças de 2 a 7 anos matriculadas em creches e pré-escolas, gestantes, nutrizes, idosos com sessenta anos ou mais e povos e comunidades tradicionais. O Programa é fruto de convênio celebrado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e o Governo do Estado da Bahia e tem o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva do setor lácteo, por meio da geração de renda e da garantia de preço justo ao produto da agricultura familiar, auxiliando ao combate a insegurança alimentar.

“O programa contemplará os criadores com a devida Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), priorizando àqueles que produzam 30 litros de leite diariamente. Caso a cota não seja atendida, o produtor cadastrado poderá fornecer até 100 litros/dia”, explicou o superintendente de pecuária da secretaria, Jefferson Gonçalves.

Participaram das discussões o diretor de Pecuária do Município José Wilson Chaves (Chaveco), do superintendente de agricultura, Jefferson Gonçalves e do técnico da secretaria, Geraldo Araújo.

...

Para fortalecer produção familiar no semiárido baiano, Codevasf Investe R$ 5,2 milhões em 14 municípios

Foto: Divulgação

Cerca de 2 mil agricultores familiares da região Norte da Bahia, semiárido do estado, terão sua produção fortalecida em 2017. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) acaba de investir R$ 5,2 milhões em máquinas e implementos agrícolas que vão otimizar e dar mais eficiência aos produtores rurais de 45 associações, o que vai contribuir para o desenvolvimento regional e melhorar a qualidade de vida de famílias que convivem com a estiagem prolongada.

Os recursos que viabilizaram a ação são oriundos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emendas parlamentares. Serão colocados à disposição dos agricultores 45 tratores agrícolas, 16 carretas-tanque, 39 carretas agrícolas, 44 grades aradoras, 35 grades niveladoras, 43 sulcadores leves e 41 roçadeiras hidráulicas.

“Vai ajudar demais no arado da terra e no dia-a-dia da nossa comunidade”, comemora Reginaldo da Silva, presidente da Associação Comunitária de Piabas e Adjacências, na área rural de Campo Formoso, que reúne 62 famílias cujos principais cultivos são feijão, maracujá, abacaxi e tomate. “A vinda desse trator irá aumentar nossa produção e, consequentemente, a geração de emprego e renda para toda região”, aposta a agricultora Sebastiana Maria de Oliveira.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, no Submédio São Francisco baiano, Misael Aguilar, destaca que o fortalecimento da produção agrícola familiar em comunidades rurais do semiárido é uma linha de ação da Codevasf que promove a inclusão produtiva e garante a subsistência das famílias num cenário de seca prolongada.

Os produtores rurais que vão ser beneficiados com a ação vivem e produzem nos municípios de Abaré, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Casa Nova, Curaçá, Jacobina, Juazeiro, Miguel Calmon, Morro do Chapéu, Paulo Afonso, Remanso, Santa Brígida, Uauá e Várzea Nova.

Em Lagoa Grande, renovação de CCIR segue até esta sexta-feira (13)

Foto: Divulgação

Segue até amanhã (13), a renovação do Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais (CCIR/INCRA) das 08h às 13h. A secretaria de Agricultura de Lagoa Grande informa a todos os proprietários de terra do município, que os interessados devem procurar urgentemente o setor para a regularização.

Novo superintendente do Incra (BA) pretende realizar trabalho transparente buscando sempre o diálogo

Foto: Divulgação

O Engenheiro Agrônomo, Giuseppe Serra Seca Vieira, assumiu nesta segunda-feira (09), a superintendência regional do Incra na Bahia. A apresentação do novo gestor aos servidores e colaboradores do Instituto aconteceu na sede da superintendência, em Salvador.

Vieira destaca que pretende fazer um trabalho transparente à frente da regional baiana buscando sempre o diálogo. “Não existe uma gestão que trabalhe só, então somando esforços e parcerias poderemos desenvolver um bom trabalho aqui na Bahia, que é um estado grande e desafiador”, frisa o superintendente.

Histórico

Natural de Aracaju (SE) e servidor de carreira do Incra, desde 2008, Giuseppe iniciou sua carreira na Superintendência de Marabá, no estado do Pará, onde conduziu o Serviço e a Divisão de Obtenção de Terras e coordenou a Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (Ates). Ano passado ele atuou novamente como chefe da Divisão de Obtenção de Terras, dessa vez, no Incra de Goiás.

Giuseppe Vieira já dirigiu também as superintendências do Incra do Mato Grosso, entre os anos de 2015 e 2016 e do Sul do Pará, de onde saiu para assumir a regional baiana.