Remanso

Foragido da cadeia de Remanso (BA) é preso no Piauí (PI)

A Polícia Militar de Remanso (BA) prendeu no final de semana Ricardo Luiz da Silva, conhecido por“Cadica”, que cumpre pena por tráfico de drogas e fugiu da cadeia de Remanso.

Ele estava realizando assaltos às margens do rio, nos municípios de Remanso e Sento Sé. Em uma de suas ações, o acusado foi baleado na perna por uma pessoa não identificada, e com receio de ser reconhecido por policiais dos dois municípios baianos, se dirigiu até a cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí para receber atendimento médico, mas o serviço de inteligência policial se antecipou, e conseguiu realizar a sua prisão no Hospital.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Remanso, e encontra-se à disposição da justiça para a adoção dos procedimentos pertinentes.

Terror em Remanso (BA): Bandidos explodem agências bancárias do município e atiram contra delegacia

Bandidos fortemente armados explodiram na madrugada desta terça-feira, (07), as agências do Banco do Brasil e Bradesco, no Centro de Remanso, danificando parte dos caixas eletrônicos.

Segundo informações, os assaltantes também começaram a atirar na Delegacia e Pelotão, deixando os policias imobilizados e sem chances de realizar alguma medida contra o grupo.

Ainda segundo relatos repassados ao Blog de um policial de plantão, centenas de capsulas de balas ficaram espalhadas nas ruas e os homens atiraram contra as residências de alguns populares.

Na fuga, os bandidos teriam levado dois reféns que foram liberados em seguida e alguns policiais que não estavam de plantão ficaram impedidos de sair de suas residências por conta da ação do grupo.

Eles também espalharam material de perfuração de pneus durante 30 km de pista na saída da cidade para evitar uma busca da polícia.  (Fotos: whatsapp).

Investimento de R$ 7 milhões da Codevasf garante água a 2,9 mil famílias no semiárido baiano

Foto: Divulgação

Quase três mil famílias rurais que vivem e produzem em áreas do Norte baiano castigadas pela estiagem prolongada estão tendo acesso a água graças a um investimento de R$ 7 milhões executado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio de sua 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro.

Do total de 290 poços tubulares e cristalinos que haviam sido previstos para serem instalados na região, 123 foram concluídos até o final de 2016 e 167 serão implantados este ano. Cada poço possui um reservatório individual com capacidade para 10 mil litros, e cada reservatório é dotado de três torneiras e um bebedouro para animais.

Foto: Divulgação

As estruturas vão atender, no total, a 24 municípios do Norte baiano, região do Submédio São Francisco. Os recursos que viabilizam a ação são oriundos do Orçamento Geral da União destinados à Codevasf por emendas parlamentares, e também do Ministério da Integração Nacional por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

“A importância de um poço é grande porque quando você não tem água praticamente de jeito nenhum, fica dependente de carros-pipa. A água quando chega talvez seja a maior riqueza que pode acontecer na vida do homem da Caatinga, do Semiárido”, afirma José Carlos Santana Silva, presidente da Associação dos Agropecuaristas da Fazenda Melancia e Adjacentes (AAMA), no município de Curaçá. “Com o poço, a gente passou a ter mais disponibilidade de água. Antes a gente tinha que comprar em carro-pipa ou então aguardar as chuvas, e se perdia muito tempo no deslocamento com animais pegando a água – até mesmo no lombo da gente. Agora a água está mais próxima, então eu digo a você que a água aqui é tudo”, acrescenta Silva.

Alguns dos poços revelam alta capacidade de fornecimento de água – caso daquele instalado na região do Talhadinho, município de Glória, que revelou potencial de vazão estimada em 40 mil litros.

A ação em Glória contou com a parceria da prefeitura municipal, que disponibilizou máquinas motoniveladoras, retroescavedeira, trator de esteira e equipamentos que facilitaram o acesso ao local da perfuração, no qual o terreno é arenoso e de difícil mobilidade, segundo informou o técnico da Codevasf.

As comunidades rurais beneficiadas com a ação estão situadas nos municípios de Glória, Jaguarari, Morro do Chapéu, Campo Alegre de Lourdes, Remanso, Juazeiro, Curaçá, Uauá, Miguel Calmon, Campo Formoso, Mirangaba, Jacobina, Casa Nova, Sobradinho, Pilão Arcado, Abaré, Chorrochó, Jeremoabo, Macururé, Rodelas, Santa Brígida, Umburana, Sento-Sé e Várzea Nova.

Sedimentares e Cristalinos

Os poços perfurados e instalados pela Codevasf no semiárido são uma tecnologia de convivência com a seca que se divide em dois tipos: poços sedimentares e cristalinos.

Os sedimentares são perfurados nos locais que possuem manchas de sedimentos (arenito, calcário), escavados a profundidades que podem variar de 100 a 200 metros, e fornecem grandes volumes de água oriunda do lençol freático. A captação da água é feita por meio de motobombas de alta potência.

O poço tubular em áreas cristalinas é perfurado e instalado em regiões de subsolo rochoso, entre 50 a 80 metros de profundidade, e a água é captada das fendas nas rochas, onde se acumula água. O volume é menor, e a captação é feita por catavento ou por bomba submersa.

A perfuração e instalação de poços oferecem alívio para a população que vive e produz em áreas onde a falta de água é agravada pela seca prolongada.

Fugitivo da Cadeia de Remanso é capturado em Sento Sé (BA)

Foto: Divulgação/Polícia

Na madrugada desta quarta-feira (18), por volta das 5h, mais um fugitivo da Cadeia Pública de Remanso (BA) foi capturado pela polícia na comunidade de Aldeia, zona rural de Sento Sé, norte da Bahia. Anderson Inocêncio Pereira foi capturado após denúncia recebida pela Delegacia da cidade de Remanso informando o paradeiro do detento.

Em contato com o delegado de Sento Sé, foi montada uma operação para apurar veracidade do fato e prender o fugitivo.  Ao chegar no local, o detento Anderson foi encontrado na residência da pessoa de nome Lucineide. Ele está na delegacia de Sento Sé e será transferido ainda hoje para a delegacia de Remanso.

As equipes policiais continuam as investigações e buscas para encontrar os outros dois presos fugitivos, sendo eles: Robson Alves Costa – mais conhecido como ‘Bob Esponja’e Cleiton Silva Paixão – mais conhecido como ‘Pit Bull’.

Fuga

A fuga dos presos acorreu na manhã de domingo (15), por volta das 6h. Segundo informações, o plantão da Delegacia de Remanso tomou conhecimento através do carcereiro que um dos presos havia informado sobre a fuga de quatro detentos da cela 06, onde se encontravam sete presos.

Os presos quebraram os blocos da janela de ventilação e serraram as grades. Os três que permaneceram na cela foram transferidos para outras celas. O delegado titular, Rogério Sá Medrado, determinou uma perícia do local e abertura de inquérito policial para apurar a fuga e também diligências para localização dos fugitivos.

A Polícia Técnica esteve na delegacia fazendo a perícia para apurar a fuga dos presos.

Polícia prende um dos quatro fugitivos da Cadeia de Remanso (BA)

Foto: Divulgação/Polícia

As Polícias, Civil e Militar, conseguiram prender na tarde de ontem (15), um dos fugitivos da Cadeia de Remanso, norte da Bahia. Bruno dos Santos Oliveira, mais conhecido como ‘Zaroinho’, foi encontrado na comunidade da Pimenteira, zona rural do município baiano.

As equipes policiais continuam as investigações e buscas para encontrar os outros três presos fugitivos, sendo eles: Robson Alves Costa – mais conhecido como ‘Bob Esponja’; Cleiton Silva Paixão – mais conhecido como ‘Pit Bull’ e Anderson Almeida dos Santos.

Fuga

A fuga dos presos acorreu na na manhã deste domingo (15), por volta das 6h. Segundo informações, o plantão da Delegacia de Remanso tomou conhecimento através do carcereiro que um dos presos havia informado sobre a fuga de quatro detentos da cela 06, onde se encontravam sete presos.

Os presos quebraram os blocos da janela de ventilação e serraram as grades. Os três que permaneceram na cela foram transferidos para outras celas. O delegado titular, Rogério Sá Medrado, determinou uma perícia do local e abertura de inquérito policial para apurar a fuga e também diligências para localização dos fugitivos.

A Polícia Técnica esteve na delegacia fazendo a perícia para apurar a fuga dos presos.

 

Para fortalecer produção familiar no semiárido baiano, Codevasf Investe R$ 5,2 milhões em 14 municípios

Foto: Divulgação

Cerca de 2 mil agricultores familiares da região Norte da Bahia, semiárido do estado, terão sua produção fortalecida em 2017. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) acaba de investir R$ 5,2 milhões em máquinas e implementos agrícolas que vão otimizar e dar mais eficiência aos produtores rurais de 45 associações, o que vai contribuir para o desenvolvimento regional e melhorar a qualidade de vida de famílias que convivem com a estiagem prolongada.

Os recursos que viabilizaram a ação são oriundos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emendas parlamentares. Serão colocados à disposição dos agricultores 45 tratores agrícolas, 16 carretas-tanque, 39 carretas agrícolas, 44 grades aradoras, 35 grades niveladoras, 43 sulcadores leves e 41 roçadeiras hidráulicas.

“Vai ajudar demais no arado da terra e no dia-a-dia da nossa comunidade”, comemora Reginaldo da Silva, presidente da Associação Comunitária de Piabas e Adjacências, na área rural de Campo Formoso, que reúne 62 famílias cujos principais cultivos são feijão, maracujá, abacaxi e tomate. “A vinda desse trator irá aumentar nossa produção e, consequentemente, a geração de emprego e renda para toda região”, aposta a agricultora Sebastiana Maria de Oliveira.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, no Submédio São Francisco baiano, Misael Aguilar, destaca que o fortalecimento da produção agrícola familiar em comunidades rurais do semiárido é uma linha de ação da Codevasf que promove a inclusão produtiva e garante a subsistência das famílias num cenário de seca prolongada.

Os produtores rurais que vão ser beneficiados com a ação vivem e produzem nos municípios de Abaré, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Casa Nova, Curaçá, Jacobina, Juazeiro, Miguel Calmon, Morro do Chapéu, Paulo Afonso, Remanso, Santa Brígida, Uauá e Várzea Nova.

...

Lei Geral da micro e pequena empresa é implementada em Remanso e Sobradinho (BA)

remanso

Com a medida adotada, as duas cidades passam a fazer parte dos municípios que tem Políticas de Desenvolvimento Implantadas. Isso quer dizer que, entre outras coisas, o governo municipal simplificou e integrou seus processos de abertura de empresas, capacitou funcionários para facilitar a abertura e o desenvolvimento dessas empresas.

Com a implementação da lei da Micro e Pequena Empresa, o município também é obrigado a destinar pelo menos 30% do recurso da merenda escolar para a agricultura familiar, planejar suas compras contemplando os pequenos negócios, adquirir 30% do valor total das compras municipais de pequenos negócios.

Para o gerente regional do SEBRAE, Carlos Cointeiro, a postura adotada pelo o poder executivo das duas cidades significa um avanço para esses municípios. “Isso facilita a abertura de novas empresas e o crescimento das empresas que já existem. A implementação dessas políticas de desenvolvimento implantadas valoriza os micro e pequenos empresários porque obrigatoriamente a Prefeitura é obrigada a fazer parte das suas compras às empresas do município” destacou.

Remanso e Sobradinho estão à frente de municípios como Juazeiro, que ainda não montaram a estrutura necessária para que o município realize as Políticas de Desenvolvimento Implantadas.  De 2012 a 2015, mais de 3.000 municípios conseguiram implementar a Lei Geral nos parâmetros estabelecidos pelo Sebrae.

O conjunto de iniciativas propostas pelo Indicador de Políticas de Desenvolvimento implantadas foi escolhido por se tratar de uma ampliação dos benefícios tratados pela Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. O indicador apresenta uma combinação de políticas e de ações que estão relacionadas à decisão municipal de transformar a realidade e qualidade de seus ambientes de negócios.

Neste ano de 2016, os governos dos municípios de Remanso e Sobradinho se comprometeram em implementar a lei e assim fomentar a abertura de novas empresas e contribuir para o desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas já existentes nos dois municípios.

A partir daí passaram a implantar os quatro eixos exigidos pelo o novo indicador. Abriram a Sala do Empreendedor em cada prefeitura, os municípios passaram a integrar a Rede Simples, passaram a planejar as Compras Públicas e treinaram Atores de Desenvolvimento.

Esses eixos foram escolhidos por serem partes importantes do ambiente de negócios, por representarem pontos fundamentais para o empresário, serem de responsabilidade dos municípios e por ampliarem as oportunidades de crescimento do empreendedorismo em todo país.

É obrigação de o município ter Agente de Desenvolvimento nomeado e capacitado no curso avançado; e um secretário municipal capacitado pelo SEBRAE. Os atores do desenvolvimento são peças chaves para que as políticas de desenvolvimento possam ser implementadas nos municípios, Tratam-se de guardiões dos pequenos negócios na administração pública. Sem os atores não é possível fazer com que as ações sejam institucionalizadas e se mantenham permanentemente. Esse eixo é fundamental para dar sustentabilidade ao trabalho que o SEBRAE fomenta nos municípios.

As discussões sobre o papel dos pequenos negócios na economia brasileira começaram na Constituinte como um dos alicerces da Constituição Federal de 1988. À época, o artigo 179 destacou a importância do tratamento jurídico diferenciado. Esses artigos serviram de base para a construção de diversas leis, 9.317/96, 9.841/99 e a Emenda Constitucional 42 de 2003, que mostraram a necessidade da criação de uma política que estabelece de fato o tratamento diferenciado para pequenos negócios. Após anos de trabalho, discussões e articulações, foi promulgada a Lei Complementar 123/2006, que é conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Pela natureza da legislação foi necessário um trabalho de sensibilização dos municípios brasileiros para a regulamentação de alguns artigos.

Em Remanso-BA, polícia encontra marmita recheada de maconha na cadeia pública

policia

Nesta quinta-feira (10), na cadeia pública de Remanso, no Sertão baiano, durante revista realizada nas vasilhas plásticas que são entregues aos presos pelos seus familiares, em uma delas foi encontrada 30 trouxas de maconha. Então, a equipe de policial realizou a entrega da vasilha para saber quem era o proprietário e ficou observando quando um menor pegou a vasilha de volta.

Os policiais questionaram o menor que informou que a marmita pertencia ao preso Robson Alves Costa, mais conhecido como “Bob”, o qual está preso pela prática de roubo na cidade de Remanso. Ele foi autuado em flagrante delito e agora vai responder também pelo crime de tráfico de drogas.

...

Três carretas com 154 jegues que saiu de Remanso são apreendidas na BR-235, em Casa Nova (BA)

casa-nova

Foto: WhatsApp

Três carretas com 154 jegues foram apreendidas, na sexta-feira (4), na BR-235, no município de Casa Nova, região norte da Bahia. As carretas saíram da cidade de Remanso e segundo a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), os animais estavam sendo levados para Minas Gerais, onde seriam abatidos e a pele vendida para a indústria farmacêutica da China.
A Adab disse ainda que os jegues estavam sendo roubados de fazendas da região e vendidos a atravessadores por cerca de R$ 10 R$ 20 cada animal. Os três motoristas das carretas foram multados em mais de R$ 8 mil. Os animais vão ser soltos em uma fazenda em Remanso. (Blog Zé Carlos Borges)

Tragédia: Neto mata a própria avó a facadas em Remanso (BA)

policia

Um crime causou revolta no município de Remanso na noite desta sábado (29). Um homem matou a própria avó com golpes de faca.

Segundo informações, Fábio Soares de Souza, de 21 anos, neto da vítima, sofre de esquizofrenia e é usuário de drogas. A polícia relata que o próprio acusado chamou um policial que é seu vizinho e o mesmo disse que encontrou sua avó morta, mas depois da perícia, foi confirmado que  Fábio teria sido o autor do crime.

Ele confessou ter matado sua avó Maria de Lourdes Soares, de 68 anos, no Loteamento Pombo Castelo, localizado no município baiano, depois que a idosa teria dito que o levaria para São Paulo e ele não aceitou a ideia.

De acordo com informações, foram vários golpes de arma branca, que atingiram o pescoço, braços e rosto da vítima. O corpo foi encaminhado para o IML e o acusado está preso na delegacia local.

...

Início